Como acelerar nosso metabolismo

Aprenda a acelerar o seu metabolismo mudando os seus hábitos.

Fechei a boca e não consigo emagrecer! Dez entre dez pessoas que iniciam uma dieta, sem orientação correta, em algum momento chegam a esse consenso e aí vem à pergunta: Será que o meu metabolismo está lento? Saiba que provavelmente a resposta para esta questão é sim! Mas você pode dar uma forcinha para o seu corpo e acelerar o seu metabolismo mudando alguns hábitos, exatamente, os hábitos podem influenciar bastante o ritmo normal do seu metabolismo, realizando certas mudanças você pode ter uma ajuda complementar na perda de peso, já que 20% da nossa taxa metabólica dependem exclusivamente de elementos exteriores. Os outros 80% são determinados por fatores genéticos e por isso umas pessoas tem o metabolismo mais acelerado que outras.

Publicidade

Deixe de ser sedentário

Se você começar a se exercitar um pouco que seja e sai da faixa de sedentarismo já terá um gasto calórico e de energia maior. Praticar atividade física regularmente é comprovadamente eficaz para auxiliar na aceleração do metabolismo e para fazê-lo funcionar corretamente e de forma contínua. Todos nós sabemos disso, mas colocar em prática é outra história. Saiba que para isso acontecer basta levar um estilo de vida mais ativo, mesmo que você não frequente academias, caminhar ao menos trinta minutos por dia ou trocar o elevador pelas escadas já influenciará o seu metabolismo, desde que seja feito com regularidade. Agora, se você quer potencializar sua atividade física e garantir uma queima maior de calorias, a musculação é o exercício que pode lhe trazer mais benefícios, pois ela faz com que aumentemos a nossa massa muscular e os músculos gastam mais energia que outras fontes do nosso organismo e permanecem queimando-as mesmo após os exercícios.

Alimentação correta

Mudar hábitos alimentares também ajuda e muito na queima de calorias e aceleração do metabolismo, beber mais água, ingerir menos alimentos gordurosos, mais fibras, que exigem mais do nosso organismo na hora da digestão e fazem com que gastemos mais energia tanto para mastigá-las quanto para processá-las, não deixar de consumir nenhum tipo de alimento essencial como: carboidratos, proteínas e até mesmo as gorduras. Apenas controle a quantidade consumida, pois quando deixamos de consumir carboidratos, nosso metabolismo desacelera, pois eles são nossa principal fonte de energia. Já as gorduras e proteínas em quantidade adequada e associadas aos carboidratos aumentam a ativação metabólica e prorrogam a sensação de saciedade. Manter os mesmos horários de alimentação faz com que o corpo acostume-se a receber alimentos naquele horário e assim não desacelerar o metabolismo achando que ficará um longo período sem recebê-los, o nosso corpo entende o jejum prolongado como um período de escassez e por causa disso temos a sensação de que o organismo está contra a nossa dieta, por isso comer mais vezes ao longo do dia também é igualmente importante. Já a água é essencial para obter o melhor proveito dos alimentos ingeridos.

Durma bem

Sabe aquela sensação de estar se arrastando depois de uma noite mal dormida? Pois é, seu metabolismo está se sentindo da mesma forma, portanto, dormir às oito horas recomendadas por dia ajuda o nosso organismo a se recompor, se você dormir pouco ou dormir mal seu corpo e seu metabolismo não terão essa injeção de ânimo para funcionarem a pleno vapor.

Publicidade

Gostou das nossas dicas? Que tal começar a praticá-las?

Se você já executou cada uma delas e mesmo assim teve dificuldades para emagrecer pode ser que outros fatores, como doenças de base, estejam relacionados ao ritmo desacelerado do seu metabolismo, para ter certeza e aproveitar ao máximo o que essas mudanças descritas podem lhe proporcionar, procure um médico especialista. Sua saúde agradecerá!

Publicidade

Comente