Como agir se a criança perder um dente

Aprenda como proceder se a criança se acidentar

Extremamente ativas, não é incomum encontrar crianças que sofreram algum trauma na região bucal e acabaram perdendo os dentes de leite muito antes do tempo previsto.

Publicidade

O interessante é que a maioria dos acidentes que comprometem a dentição costumam acontecer em locais com os quais a criança é familiarizada, como sua casa, a escola, um parque etc. Com mais de 30 anos de experiência no tratamento infantil, o odontopediatra José Eduardo de Oliveira Lima, da TopDent da capital paulista, lembra que muitos bebês e crianças pequenas costumam cair do berço ou tropeçar quando estão começando a andar e acabam quebrando um ou mais dentes. “Todo trauma em crianças causa um grande descontrole emocional nos pais”, disse o especialista. “Por esta razão, é fundamental saber o que pode ser feito para minimizar o sofrimento do acidentado, os primeiros cuidados para aumentar as chances de recuperação da área afetada e diminuir o desgaste emocional”, recomenda.

Segundo o odontopediatra, esse tipo de acidente com as crianças pode causar desde um leve amolecimento dental até deslocamento da posição original a fraturas mais sérias.

“Os pais podem oferecer os primeiros socorros pressionando uma gaze ou um pano limpo no local ou pedindo para a própria criança pressionar ou mordê-lo, pois ela sabe o limite de pressão que pode ser feita. É importante estancar a hemorragia, e depois, se a situação permitir, deve-se procurar por danos em tecidos moles como lábios, gengivas e língua. Feito esse primeiro atendimento, levar imediatamente ao especialista”, ensina o profissional.

Publicidade

A rapidez na procura por atendimento especializado é fundamental para uma possível recuperação do dente. “Se o paciente for atendido em tempo, a chance de sucesso é bastante grande”, acrescenta Dr. José Eduardo.

No passado, a recomendação era colocar o dente embaixo da língua da criança para que ele fosse mantido na própria saliva a uma temperatura adequada, mas o risco de a criança engolir o dente ou seus fragmentos no momento de nervosismo é bastante elevado. Dessa forma, o odontopediatra deixa algumas dicas de como agir no caso de trauma bucal em crianças:

• Achar o dente;
• Pegar o dente somente pela coroa evitando tocar na raiz;
• Para limpar, em hipótese alguma esfregar o dente. Somente o lave em água corrente;
• Se conseguir, acondicionar o dente em um frasco limpo contendo soro fisiológico ou leite ou, de preferência, na própria saliva do paciente ou da mãe;
• Procurar imediatamente um cirurgião-dentista.

Publicidade

Comente