Como andar de bicicleta com segurança

O trânsito oferece muitos perigos para o ciclista. Confira as dicas para ter mais segurança sobre duas rodas.

Não são todas as cidades que oferecem ciclovias para as pessoas conduzirem suas bicicletas. Com o trânsito cada vez mais violento e com o aumento do número de carros, é comum se sentir inseguro em andar de bike. Confira as dicas para transitar pelas vias públicas a bordo da sua magrela com mais segurança:

Publicidade

– Antes de sair de casa escolha o caminho. Faça um mapa mental raciocinando como motorista e não como pedestre. Você deve seguir as vias nas direções certas e nunca na contramão. Opte, se possível, por vias planas e calmas. Pistas com alta velocidade e tráfego pesado só ande em último caso;

– Siga na mesma direção dos carros. Os ciclistas têm medo dos veículos que vêm atrás e muitos acham melhor pedalar na contramão. O problema disso é que pedestres e motoristas não esperam que surja um ciclista na direção inversa, podendo essa atitude provocar acidentes;

– Pedale na direita, mas não muito próximo ao meio fio. Muito perto do canto você encontrará ondulações, buracos, bueiros e qualquer outro tipo de obstáculo que podem lhe desequilibrar e fazê-lo cair. Não faça ziguezagues na pista. Além de deixar os motoristas confusos, em algum momento você perderá o equilíbrio e isso poderá ser fatal;

Publicidade

– Ciclistas devem obedecer aos sinais dos semáforos. Quando estiver vermelho, pare junto com os veículos de forma que todos eles possam lhe ver. Repare que algumas faixas de segurança possuem um espaço entre elas e o limite para os carros. Aconselha-se que o ciclista pare nesse lugar para esperar o sinal abrir. Quando não houver o espaço, tente ficar no meio da pista, bem visível para todos os motoristas;

– O motorista não tem como adivinhar para onde o ciclista está indo. Portanto, sinalize com as mãos quando você pretender mudar de posição na pista. Nas conversões faça o mesmo. Se pretender seguir reto quando normalmente os motoristas dobram, avise para não levar uma fechada;

– Carros estacionados também são um risco para o ciclista se eles estão do lado que você transita. A qualquer momento uma porta pode ser aberta e lhe atingir. Na medida do possível ande pelo meio da rua se não houver movimento demais;

– Em vias congestionadas é bem mais difícil mudar o lado da pista. Nesse caso, vá pela faixa de pedestres, com a condição de que você desça da bike e a conduza pela mão;

– Para pedalar no escuro siga as seguintes recomendações: a bicicleta deve ter iluminação branca na frente e vermelha atrás, já que esse é o código de cores que os motoristas estão acostumados. A luz tem que piscar constantemente para atrair atenção. Use roupas claras e chamativas. Use faixas reflexivas no corpo e no capacete. Pulseiras que piscam, as mesmas que são utilizadas em festas, são uma excelente opção.

Siga as dicas e contribua com a sua segurança e a de todos.

Publicidade

Comente