Como aproveitar os benefícios da dança

Aumente o volume e comece a se mexer! Dançar traz muitos benefícios para o corpo. Veja quais são eles.

Dançar é muito bom. Se você está em uma fase sedentária, agora não há mais desculpas. Sacudir o esqueleto é uma excelente maneira de você deixar a preguiça de lado fazendo algo muito divertido. Ah, você não sabe dançar? Isso não é problema. Faça isso sozinha e o prazer será o mesmo. Leia o texto abaixo e veja como aproveitar os benefícios e vantagens da dança. Seu corpo e mente irão lhe agradecer!

Publicidade

– Dançar emagrece! Acabe com as danadas das gordurinhas dançando. Uma hora de dança de salão, por exemplo, levam embora 500 calorias em média;

– Quer arrasar na pista de dança? Dance e ensaie coreografias. Acesse o You Tube e se atualize com os novos ritmos do momento. Sua autoestima vai ir às alturas!

– Faça novos amigos dançando! Saia do sofá e se matricule em uma escola de dança. Você conhecerá pessoas com as mesmas afinidades e poderá trocar muitas ideias Quem sabe você arruma um novo par?

Publicidade

– Não há sedentarismo que resista à dança. Além disso, você irá afastar os riscos de doenças como diabetes e pressão alta. Os passos ritmados ajudam ainda a fortalecer a ossatura, evitando a osteoporose;

– Quem pratica dança também estimula o cérebro. Os passos das coreografias exigem bastante do nosso sistema neurológico, fortalecendo a memória;

– Estressou? Ponha seu CD favorito e comece a dançar já! Mexer o corpo libera endorfina e serotonina, dois neurotransmissores que provocam aquela sensação de bem-estar e satisfação. De quebra, o hormônio do estresse, o cortisol, diminui no organismo. A ordem é se mexer;

– A dança também ajuda na busca pelo corpo sarado. Pernas mais duras, bumbum malhado, abdômen sequinho. Com o tempo você perceberá essas mudanças e não vai mais querer parar de dançar;

– Seu coração também irá lhe agradecer. Os passos da dança deixam mais fortes os músculos cardíacos, prolongando sua expectativa de vida;

– A dança melhora a postura, diminuindo sensivelmente as dores nas costas;

– Quem dança sente melhoras no equilíbrio, coordenação e flexibilidade.

Se você ficou interessada, veja abaixo qual o tipo de dança tem mais a ver com seu jeito de ser:

– Quem nunca dançou e está pensando em entrar em uma academia, tente o forró ou merengue. Esses ritmos possuem coreografias mais fáceis e você pode aprender os passos em poucas aulas;

– Para as pessoas que querem emagrecer, a gafieira e o lindy hop fazem com que o dançarino se mexa muito! Os músculos das pernas se fortalecem e a queima de gordura é grande;

– Os mais jovens podem se identificar mais com a salsa, zouk e samba. Nas baladas esses são os ritmos preferidos. E ninguém quer fazer feio, não é?

– Os românticos certamente irão preferir passos mais lentos e comedidos. Tango e bolero permitem com que o casal dance bem juntinho, estreitando relações.

Sozinha ou acompanhada, a dança irá lhe trazer muita satisfação pessoal. Invista nessa ideia.

Publicidade

Comente