Como aproveitar os benefícios dos temperos naturais

É muito fácil encontrar nas prateleiras dos supermercados uma variedade enorme de temperos que prometem deixar nossos pratos deliciosos. Mas você já pensou na quantidade de sódio esses produtos industrializados contém? Para quem sofre de hipertensão, problemas renais e outras doenças relacionadas, consumi-los é um risco.

Publicidade

Cada vez mais pessoas estão fazendo uso de ervas naturais para se terem uma vida mais saudável. Veja abaixo alguns deles:

  •  Hortelã: ótimo para quem sofre de problemas digestivos. Também é analgésico, estimulante e expectorante. Faça chás, use em molhos, geleias, assados e grelhados;
  •  Alecrim: para pessoas que têm problemas de retenção de líquidos, o alecrim é muito recomendado por ser diurético. Além disso, é digestivo, estimulante, cicatrizante, antisséptico e mantém a pressão estabilizada. Sirva com pães, nas sopas, carnes, molhos e legumes;
  •  Coentro: indicado para pessoas ansiosas por ter propriedades calmantes. Também atua como digestivo e moderador do apetite. Deixa camarão, molhos à base de limão, moquecas de peixe e frutos do mar muito saborosos;
  •  Orégano: possui propriedades sedativas, digestivas, diuréticas, expectorantes e é estimulador gástrico. Pizzas, saladas com tomate e pratos à parmeggiana ganham um sabor todo especial com o orégano;
  •  Manjericão: essa erva é diurética, antisséptica e broncodilatadora. Tempere molhos e carnes;
  •  Louro: indicado para quem sofre de má-digestão. Também é adstringente, anti-inflamatório e estimula o apetite. Combina com sopas, peixes, feijão, legumes e lombo assado;
  •  Cominho: É uma erva indicada também para quem sofre de problemas de digestão. Use em receitas para licores, bebidas, queijos, salsichas, pães e conservas.

Se possível, faça você uma mini-horta em casa com as ervas. Cultive-as em pequenos vasos. Caso você não tenha espaço, faça o seguinte. Depois de comprar, lave todas as folhas, enxugue com papel toalha e guarde em um recipiente tampado, dentro da geladeira.

Publicidade

Comente