Como aumentar a capacidade de concentração nas aulas

Conheça algumas dicas úteis para aumentar a concentração nas aulas e obter bons resultados nas suas atividades acadêmicas.

A concentração nas aulas é um dos pilares mais importantes no sucesso acadêmico. Assim, vale a pena conferir algumas dicas que orientam o treino desta competência fundamental ao longo do tempo.

Publicidade

Foco, ingrediente principal

Independentemente da familiaridade ou interesse do aluno pela matéria, as aulas são parte integrante e necessária à aprendizagem individual. Neste sentido, é importante que cada pessoa faça um esforço de concentração durante o período em que a aula decorre, assumindo-a como um compromisso de elevada utilidade à sua progressão pessoal.

Xô, tecnologia!

Para aumentar a concentração nas aulas, livre-se de todos os estímulos que contribuem para desviar a atenção da dinâmica de aprendizagem: celulares, netbooks, tablets, leitores de mp3 e demais aparelhos que contenham jogos e outros focos de distração devem ser religiosamente guardados durante as aulas e colocados em silêncio.

“Mente sã em corpo são”

O equilíbrio entre o bem-estar físico e psíquico é também um do fatores de maior relevância na hora de aumentar a concentração nas aulas e potenciar uma performance bem-sucedida nas atividades escolares. Vale então a pena incorporar alguns hábitos saudáveis na sua rotina cotidiana, que a médio prazo trarão benefícios visíveis neste quesito:

Publicidade

Alimentação cuidada: aposte nos legumes, vegetais, frutas e carnes e peixes brancos que, conjuntamente com os cereais integrais e os lacticínios magros, constituem excelentes fontes de proteínas, vitaminas e nutrientes benéficos para o organismo. Adicionalmente, evite o consumo de alimentos processados e com alto teor de gordura e/ou açúcar, que fornecem ‘calorias vazias’ e não proporcionam uma verdadeira sensação de saciedade.

Descanso: respeite o seu período de descanso noturno e observe o repouso durante pelo menos oito horas, de modo a repor as energias gastas com o trabalho físico e intelectual realizado durante o dia.

Diga não ao tabagismo e ao álcool, que apenas contribuem para a degradação progressiva do seu organismo e, a longo prazo, dificultam significativamente a concentração nas aulas e o rendimento escolar.

Atividade física, um bem necessário: pratique alguma modalidade esportiva de intensidade moderada duas a três vezes por semana. A atividade física auxilia a libertação do estresse e da ansiedade e promove a manutenção de um bom estado geral de saúde.

Medite: a abstração das preocupações exteriores permite centrar-se nas suas prioridades e desenvolver a sua capacidade de concentração, não permitindo que ruídos e estímulos exteriores o/a perturbem. Institua este hábito – que não demora mais do que 05 minutos do seu tempo – e melhore a sua atenção na sala de aula.

Publicidade

Comente