Como conhecer melhor os termos culinários

Quem está iniciando na área gastronômica pode ficar um pouco perdido com tantos termos diferentes. É essencial que o aprendiz de cozinheiro conheça cada um deles para obter um melhor desempenho. Abaixo segue uma lista dos principais termos culinários e que certamente serão de grande ajuda para quem está iniciando nessa arte. Confira:

Publicidade

– À doré: alimentos empanados ou fritos;

– Banho-maria: é o processo de aquecer ou cozinhar alimentos em água fervente dentro do recipiente onde elas estão. Fica um recipiente dentro do outro;

– Besuntar: passar gordura ou manteiga em um alimento que será grelhado ou assado a fim de evitar que ele resseque;

Publicidade

– Apurar: ferver o alimento até evaporar o líquido. Essa técnica é utilizada para reduzir o volume de um alimento, concentrando seu sabor;

– Calda em ponto de fio: para saber se a calda alcançou esse ponto, coloque uma pouca quantidade em um prato e aguarde esfriar. Com a ponta dos dedos aperte e depois afaste. Se formar um fio que não desmancha está no ponto;

– Curtir: existem pratos que pedem sabores mais intensos. Para isso é preciso deixar os alimentos em contato com o molho ou bebida alcoólica por algum tempo até incorporar.

– Debulhar: retirar a casca de alimentos em grãos. Descascar;

– Empanar: passar o alimento em pão ralado, farinha de rosca ou trigo antes de fritar ou levar ao forno. Preserva o sabor e a umidade;

– Flambar: serve para caramelizar açúcar, evaporar água e apurar o sabor da bebida. A técnica consiste em colocar bebida alcoólica enquanto o alimento estiver sendo preparado, ateando fogo;

– Gratinar: Deixar a superfície de um alimento mais corada;

– Homogeneizar: misturar duas substâncias diferentes até que elas não se distingam uma da outra;

– Incorporar: Acrescentar ingredientes aos poucos para fazer massas, molhos e cremes;

– Macerar: mergulhar alimentos em licor, vinho ou vinagre para deixá-los macios e temperados;

– Marinar: colocar alimentos em recipientes com molhos, vinagre ou vinho bastante temperados para ficar macio e adicionar sabor;

– Pelar: remover a pele de alimentos;

– Picar: cortar o alimento em pedaços iguais e pequenos;

– Reduzir: ferver o alimento em fogo baixo a fim de diminuir quantidade de molho;

– Refogar: colocar o alimento em uma panela aquecida contendo alho e cebola, com o objetivo de deixá-los tenros e dourados. Pode usar gordura ou não;

– Salpicar: distribuir superficialmente ou não temperos, condimento, açúcar ou outro tipo de ingrediente sobre o alimento;

– Sovar: bater com força a massa com o uso das mãos até não surgirem mais bolhas;

– Temperar: colocar ingredientes em um prato para intensificar e realçar o sabor;

– Untar: passar manteiga, óleo ou outro tipo de gordura em um recipiente, no fundo e nas laterais. Essa técnica é utilizada para evitar que o preparado grude na fôrma durante seu cozimento no forno.

Esse é apenas o início. Se você está interessada em se especializar, matricule-se em um bom curso de gastronomia e aprenda as mais diversas técnicas.

Publicidade

Comente