Como conseguir crédito para sua empresa

Para fazer sua empresa crescer, obter crédito é sempre bem-vindo. Veja como consegui-lo mais facilmente.

Aquele momento tão sonhado chegou. Sua empresa cresceu, está dando bons frutos, mas para que ela possa continuar atuando no mercado, você precisará investir. Porém, para obter crédito na praça não é assim tão fácil. Os bancos são exigentes na hora de analisar cada caso e se você não puder comprovar que têm condições de pagar o empréstimo, ficará a ver navios. Veja abaixo as dicas para conseguir crédito para sua empresa e abrir cada vez mais as portas para os seus negócios:

Publicidade

– Para conseguir crédito você deverá apresentar um plano de negócios que justifique o empréstimo, ou seja, que sua empresa tem condições de fazer com que você possa ganhar mais dinheiro;

– Não adianta pedir dinheiro emprestado se você não tiver condições de pagar, ou comprometer sua empresa com as parcelas do banco. Faça um plano de negócios que demonstre a viabilidade financeira do seu empreendimento. Sem isso, o banco nem vai perder o tempo com você. Tempo é dinheiro, todo mundo sabe;

– Analise bem as taxas do empréstimo. Seu negócio prosseguirá dando lucro mesmo tendo uma dívida para saldar? As parcelas do seu financiamento devem fazer parte do planejamento da empresa. Sem isso, a chance de você se endividar e ter que encerrar as funções é muito grande;

Publicidade

– Ao procurar uma instituição financeira para conseguir crédito, você precisará provar que seu negócio está bem estruturado e posicionado no mercado. Isso certamente contará muitos pontos ao seu favor;

– Não perca seu tempo procurando um banco para pedir um empréstimo somente para pagar suas dívidas. A instituição somente irá lhe conceder crédito se você garantir que precisa de dinheiro para fazer mais dinheiro. É nesse momento que você apresentará seu plano de negócios;

– Há linhas especiais de microcréditos, que emprestam até R$ 15 mil para dar um empurrãozinho nos negócios ou para iniciar uma empresa. De qualquer forma, quem está iniciando sente certa dificuldade. Muitas instituições preferem dar crédito para empreendimentos que já têm tempo de mercado e faturamento comprovado;

– Se o empréstimo como pessoa jurídica foi negado, você pode tentar crédito como pessoa física. Porém isso envolve riscos. As taxas não tão favoráveis e há que se tomar cuidado para não misturar as contas pessoais com as da empresa. A dica dos especialistas é que nestas situações desde o início não se perca o foco. A pessoa jurídica devolve o dinheiro emprestado à pessoa física. Isso tem que estar previsto no faturamento do negócio e nunca sair do pró-labore do dono da empresa.

– Nem sempre obter um bom empréstimo é garantia de que o negócio vai alavancar. Planejamento é tudo e se você não segui-lo, certamente sua empresa irá falir e você se endividar;

– Há várias instituições financeiras que podem ajudar você. Não desista se não conseguir da primeira vez. Isso servirá de teste para você aprimorar seu plano de negócios. Bancos como o Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco e Itaú oferecem linhas de crédito para microempresas. Além disso, consulte o SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas e você obterá muitas orientações para o seu negócio.

Publicidade

Comente