Como controlar sua tireoide

A tireoide é uma glândula que produz hormônios responsáveis pelo equilíbrio do nosso metabolismo. Veja como controlá-la.

A tireoide se localiza na base do pescoço e tem o formato de uma borboleta. Quando ela está estabilizada, o organismo funciona às mil maravilhas. Porém, quando ela por algum motivo se desregula, o corpo imediatamente começa a sentir os efeitos. Os problemas ocorrem mais no sexo feminino, entre os 20 e 40 anos.

Publicidade

Cansaço, perda de peso ou quilos extras podem ser os sinais que a glândula tireoide está desregulada. Saiba como controlar sua tireoide lendo o texto a seguir:

Hipotireoidismo

– É quando a tireoide produz menos hormônios e por isto o organismo fica mais devagar. Os principais sintomas são depressão, diminuição dos batimentos cardíacos, constipação, menstruação irregular, redução da memória, aumento de peso, fadiga e sono além do normal. Estes sintomas podem ser confundidos com estresse. De qualquer forma, não deixe o quadro se agravar e procure um médico logo;

– O tratamento indicado neste caso é tomar, em forma de comprimidos, o hormônio que a tireoide não está fabricando. O tratamento é bem eficiente. A medicação na maioria das vezes segue pela vida inteira, levando ao fim dos sintomas. As pessoas vivem normalmente, contudo é preciso fazer exames de tempos em tempos para acertar a dosagem do remédio;

Publicidade

– Os bebês também podem nascer com problemas na tireoide. Para detectar a doença é feito o teste do pezinho. O tratamento tem inicio imediato.

Hipertireoidismo

– Neste tipo, a glândula tireoide fica maior e fabrica hormônio além da conta. Ao contrário do caso anterior, o organismo fica mais rápido. Os sintomas são insônia, batimentos cardíacos acelerados, irritação, tremores, emagrecimento sem motivo e repentino, calor e suor em demasia, menstruação irregular e intestino solto.

– Há 3 tipos de tratamento conforme a gravidade do caso, da causa e da idade do paciente. Veja:

Medicamentos: são receitados comprimidos que ajudam a tireoide a se estabilizar e a regular a produção dos hormônios;

Cirurgia: Indicados nos casos em que a tireoide aumenta tanto de tamanho que a recomendação médica é removê-la;

Iodo radioativo: o iodo é aplicado com o objetivo de queimar e destruir uma parte da glândula. Chegará um momento em que a tireoide irá fabricar a quantidade de hormônio certa para sua estabilização.

Se você apresentou sintomas semelhantes, o médico irá indicar um simples exame de sangue que detectará se você tem alguma disfunção na tireoide. Gestantes fazem o exame mesmo que nunca tenham apresentado os sintomas. Os dois tipos podem causar prejuízos no crescimento e no desenvolvimento cerebral da criança.

Abortos e partos prematuros têm mais chance de acontecer.

Faça exames regularmente e fique sempre de olho no funcionamento da sua tireoide.

Publicidade

Comente