Como cuidar bem do seu bebê

Quem é mãe de primeira viagem escuta dezenas de conselhos antes mesmo de o bebê nascer. São simpatias para cólicas, receitas que vêm do tempo das bisavós e que ninguém mais sabe se dão certo ou não. São tantas dicas de como cuidar bem do bebê que as mamães ficam mais perdidas ainda. Leia as orientações abaixo e veja que nada é tão assustador assim:

Publicidade

– Nem sempre a amamentação precisa ser de três em três horas. Se você perceber que seu filho está com fome antes de passar esse período, não o deixe se leite. E lembre: o bebê não deve ficar mais de três horas sem mamar;

– É bom que os bebês arrotem depois da mamada, mas existem alguns que não o fazem. Também não é preciso das palmadinhas nas costas da criança para estimular o arroto. Basta colocá-la de pé por dez ou quinze minutos e depois deitá-la novamente;

– Há quem diga que a chupeta pode prejudicar a dentição do bebê, mas nada foi devidamente comprovado. Mesmo assim, até completar um ano o seu uso não irá afetar o nascimento e desenvolvimento dos dentinhos. Mas os especialistas orientam que a chupeta deve ser usada de forma moderada para não se transformar em um hábito;

Publicidade

– Banhos noturnos não causam cólicas. Pelo contrário, essa é uma técnica bem aconselhada para acalmar o bebê e também as famigeradas cólicas;

– Não é aconselhável expor o bebê fora de casa antes de completar os dois meses. Ele ainda não está totalmente vacinado e lugares fechados e com grande circulação estão fora de questão. Além disso, muito barulho pode perturbar seu filho;

– Há o mito que bebês sentem mais frio que os adultos. O que acontece é que os pequenos ainda não possuem a mesma estabilidade térmica dos maiores e precisam permanecer aquecidos. Como o metabolismo deles é mais acelerado, os bebês sentem muito calor.

Na dúvida, consulte sempre o pediatra do bebê.

Publicidade

Comente