Como entrar no mercado de TI

TI ou Tecnologia de Informação é uma carreira promissora, com salários iniciais a partir de R$ 3500. Veja como entrar no mercado de TI e ser um profissional de sucesso.

Trabalhar com Tecnologia de Informação pode ser garantia de ótima renda, mas também muito trabalho. As oportunidades de emprego são muitas, porém faltam profissionais capacitados no mercado. Se você gosta de tecnologia, vale a pena investir nessa área, cujo mercado se expande cada vez mais. Veja como entrar no mercado de TI e confira a área que mais agrada você:

Publicidade

Desenvolvimento de software:
Quem trabalha nessa área tem por função criar programas e softwares de computadores, websites e aplicativos para smartphones. O help desk, ou seja, a manutenção das máquinas das empresas é garantida por esse profissional.

Design de sistemas
O trabalho é direcionado para o desenvolvimento de sites e aplicativos, usando-se bastante da criatividade para criar layouts, cores, imagens e letras diferentes para agradar ao cliente.

Infraestrutura
Quando cai o sistema e você fica sem internet, este o profissional responsável pela infraestrutura das redes.

Publicidade

Redes sociais
Desenvolve conteúdos para sites de relacionamento, cada vez mais solicitado por empresas que querem divulgar seus negócios em redes sociais.

Banco de dados
Quem trabalha nessa área cria e mantém bancos de dados para empresas armazenarem suas informações digitalmente.

Segurança
Desenvolve programas de proteção para as empresas, como antivírus e sistemas de segurança virtual.

Se você está interessando em entrar nessa promissora carreira, há muitas opções de cursos, entre tecnológicos, técnicos e graduação. Confira onde cursar:

– Os tecnológicos são voltados diretamente para o mercado de trabalho. O tempo de duração é bem menor que o de uma faculdade e leva em torno de dois a três anos. Em São Paulo, a Faculdade de Tecnoloiga BandTec (bandtec.com.br) oferece cursos por um período de dois anos e meio na área de Banco de Dados, Redes de Computadores e Análises de Sistemas. A Unip (unip.br) possui cursos de Gestão de Tecnologia da Informação, Jogos Digitais, Redes de Computadores, Segurança da Informação e Sistemas para Internet com uma duração de dois anos. No Rio de Janeiro a Unigranrio (unigranrio.br) dispõe de cursos que levam de dois a três anos na área de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Design Gráfico e Redes de Computadores.

– Os cursos técnicos podem durar de três a quatro anos e são oferecidos gratuitamente em várias universidades federais. Fique atento, pois o mercado de trabalho costuma contratar quem faz esse tipo de curso. No Rio de Janeiro o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (ifrj.edu.br) oferece cursos de Informática, Informática para Internet e Manutenção e Suporte em Informática. Na Bahia o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (portal.ifba.edu.br) oferece curso técnico de Informática com 4 anos de duração. Em Goiás o Instituto Federal de Educação e Tecnologia Goiás (ifgoias.edu.br) dispõe de cursos técnicos, com duração de três anos e meio para quem já terminou o ensino médio.

– Os cursos de graduação também são o caminho natural para quem deseja entrar na área de TI. Análise de Sistemas, Ciência da Computação e Processamento de Dados são aqueles que mais têm procura. Esses cursos levam entre 4 a 5 anos para serem concluídos. Em São Paulo a Universidade Paulista (unip.br) oferece cursos de Sistema de Informação e Ciência da Computação com 4 anos de duração e Engenharia da Computação em um período de 5 anos. Em São Paulo o Centro Universitário Anhanguera (anhanguera.com) oferece cursos de Graduação de Sistemas de Informação. A Uniban (vestibulares.br) dispõe de cursos de Sistemas de Informação com quatro anos de duração. Em Curitiba as Faculdades Spei (spei.br) oferecem o curso de Sistema de Informação por quatro anos.
Se você deseja começar uma nova área ou investir em outra mais promissora, a carreira de TI pode ser uma excelente opção.

Publicidade

Comente