Como escolher a faculdade certa

Fique de olho na hora de escolher a Instituição de Ensino onde você pretende fazer seu curso superior. Ela pode estar com problemas. Veja as dicas para escolher a faculdade certa.

Hoje está muito mais fácil cursar nível superior. Apesar da oferta de faculdades ter crescido muito nos últimos anos isso não é garantia de qualidade e seriedade. Se você encontrou um curso que tem tudo a ver com os seus planos e as mensalidades estão acessíveis para o seu bolso, você deve consultar o site do Ministério da Educação para verificar se a Instituição de Ensino está atuando de forma regular. Faça a escolha certa da sua faculdade seguindo as dicas abaixo:

Publicidade

– Acesse o site do Ministério da Educação. O endereço é www.emec.gov.br e esse é o primeiro passo para você investigar a real situação da faculdade e do curso escolhido. Na página do site, clique na aba superior onde diz “consulta textual”. Procure a opção “Instituição de Ensino”, digite o nome da faculdade e em seguida clique no “pesquisar”.

– O nome irá aparecer na tela e você então terá condições de analisar as notas que vão de 1 (mais baixa) a 5 (mais alta). A sigla IGC avalia a faculdade e a CPC todos os cursos. Fique atento se as notas ficarem entre 1 e 2. Nesse caso elas são consideradas ruins e a sugestão é escolher outro curso ou faculdade. A nota 3 já é considerada na média, mas é bom esperar as próximas avaliações que se seguirão. As notas 4 e 5 são excelentes e também o sinal verde para você prosseguir com seus planos de freqüentar um curso superior;

– Se você digitou o nome da Faculdade e ela não apareceu, não quer dizer que você pôs o nome errado. Isso significa que a Instituição não foi regularizada pelo MEC. Nesse caso a sugestão também é partir para outras opções;

Publicidade

– Visite o site da Faculdade e pesquise tudo aquilo que ela oferece. Se você se agradar, faça a visita pessoalmente e verifique se toda a infraestrutura como biblioteca, laboratórios, salas de aula correspondem ao que está no site. Converse com os alunos para se informar se a faculdade vale a pena o investimento;

– Outra questão importante a ser verificada é a respeito dos professores e o seu grau de especialização;

– Convênios com outras instituições dentro e fora do país devem ser considerados na hora da escolha.

Todas as dicas acima são para evitar transtornos maiores. Mas há pessoas que não tomam todos esses cuidados e acabam ingressando em faculdades que apresentam problemas com o MEC. Infelizmente o maior prejudicado é o aluno. Veja o que fazer caso isso aconteça com você:

– Quando a faculdade ou o curso é fechado pelo MEC por apresentar irregularidades, o aluno tem direito a se transferir para outra Instituição, sem custos;

– A tramitação que envolve liberar documentos para a transferência de uma faculdade para outra pode levar algum tempo. Nesse meio tempo o aluno irá perder aula;

– O curso pode ser o mesmo, mas as grades curriculares certamente irão apresentar diferenças. O fato é que muitas vezes novas disciplinas deverão ser cursadas, aumentando o tempo previsto para encerrar o curso.

Caso você perceba que seu curso ou faculdade está apresentando problemas, procure o MEC para uma supervisão. Você pode solicitar isso pelo site ou através do telefone 0800 616161.

Publicidade

Comente