Como escolher um cão para as crianças

Seu filho chegou naquela idade que quer um cachorrinho? Veja como escolher um cão para as crianças e garanta a segurança e alegria do seu filho com o melhor amigo do homem.

Toda criança quando chega lá pelos 6,7 anos, quer ter um cãozinho para brincar e mostrar para os amigos. Geralmente os pais dizem não ou tentam procrastinar ao máximo a compra ou adoção de um cachorro, pois o bichinho dá muito trabalho! Mas a verdade é que toda criança quer ter um bichinho de estimação. Você provavelmente quando pequeno, queria ter um cachorro para brincar, correr e cuidar. O problema é que não é fácil ter e cuidar de um cão.

Publicidade

Mas se não tem mais jeito, seu filho quer por que quer um cachorrinho e você já viu que não terá como discutir com ele, preste atenção no tipo de raça de cachorro que você irá adquirir. Neste artigo, vamos dar algumas dicas de como escolher um cão para as crianças e garantir total segurança e diversão de seus pequenos, além dos cuidados que o cachorro precisará ter.

Raças mansas

Uma dica óbvia e sensata é escolher raças de cães dóceis e mansos. Isso porque alguns criadores de cães, pensando em guardar a casa ou mesmo em seu gosto pessoal, adquirem cachorros de raças brutas, nervosos e que podem até atacar. Quando for escolher um cão para as crianças, adquira um cão que brinque mas ajude no desenvolvimento do seu filho, evitando ter um cão que possa colocar em risco a integridade física dele e de toda família.

Comprar um filhote ou cão adulto?

Uma questão que geralmente preocupa os pais e deixa as crianças também num dilema, é se adquirem um cão que ainda é filhote ou um já adulto. Os filhotes além de mais fofinhos, são mais fáceis de amansar e acostumar com o convívio da família, porém tem energia para dar e vender e geralmente rasgam, mordem e correm muito pela casa, sendo exímios bagunceiros.

Publicidade

Os cães adultos também podem ter bastante energia mas dependendo da idade do cão, pode ser que ele já esteja mais calmo e não ofereça problemas. Outra vantagem é que são animais fáceis de serem treinados, principalmente quando adultos jovens. Porém ter um cão adulto é arriscar em um cão que já pode estar acostumado com um nome, que possa ter alguns hábitos que nem sempre são positivos e é mais fácil dele não acostumar com você se tornando perigoso.

Escolher entre um ou outro é complicado. Defina com sua família qual o perfil ideal de cão para sua casa. Se você gosta de manter tudo limpo e ter um cão já esperto e atento, ter um cão adulto é uma excelente escolha, agora se você quer um cão que cresça com seus filhos e que seja cheio de energia, prefira um filhote.

Doação e compra de animais

Você prefere comprar um cãozinho ou pegá-lo num centro de doações de animais? Geralmente em centros de doação, os cães são adultos mas já tem as vacinas em dia e estão bem cuidados. Cães vendidos em petshops geralmente são filhotes que precisam de vacina que já é cobrada na compra do animal, assim que você sai com ele da loja.

Senso de responsabilidade

Dar um cão para seu filho é um assunto que deve ser bem pensado e decidido entre você e sua família. Procure dar um cachorro para seu filho, quando ele está na fase de alfabetização pois essa época é uma excelente oportunidade de você criar um senso de responsabilidade em seu filho, fazendo ele alimentar o cão, dar banho, limpar o local onde ele fica e faz necessidades, além de dar carinho, atenção e amor.

Publicidade

Comente