Como evitar a cistite

A cistite é um mal que atinge 6 em cada 10 mulheres. Veja como evitar esse mal.

A cistite é mais comum do que você pensa. Ardência ou dor na hora urinar podem ser sinais de cistite, mal que ataca um grande número de mulheres. E não pense que ela vai embora por conta. Tome cuidado. Se a cistite não é tratada corretamente, você corre risco de ter uma hemorragia, infecções nos rins e, em casos mais graves, essa doença pode levar ao óbito.

Publicidade

A cistite é uma inflamação que ocorre na bexiga. Quando as partes íntimas não são bem higienizadas, pode haver uma proliferação de bactérias que surgem na região do ânus e facilmente chegam ao sistema urinário. Prisão de ventre, má-formação do sistema urinário, bexiga caída e uso de diafragma são fatores que causam a cistite, já que podem irritar a região.

Para descobrir se você está com cistite, o médico solicitará um exame de urina somente para confirmar, já que os sintomas são clássicos. São eles: idas ao banheiro além do normal, mas com pouca quantidade de xixi, dor ou ardência ao urinar, sangue e uma desconfortável sensação de que a bexiga não esvaziou. A presença de febre indica que a infecção se expandiu para os rins no caso das mulheres ou para próstata e testículos, nos homens.

Quando a pessoa sofre de constantes quadros de cistite, o médico solicitará exames mais apurados como raio X, ultrassom ou tomografias. O diagnóstico correto é muito importante, pois alguns tumores possuem os mesmos sintomas da cistite.

Publicidade

A doença é tratada com antibióticos. Quando o caso é simples, por sete dias. Se a gravidade é maior ou o caso é crônico, o tratamento aumenta para 14 dias. Medicamentos para a dor também são receitados, conforme a situação. O tratamento jamais deve ser interrompido somente porque o paciente acha que já está curado. Se a cistite voltar, os sintomas virão mais fortes.

Para prevenir-se é simples. Veja as dicas:

  •  Beba água, água de coco, chás. Tomar líquido é essencial;
  •  Pessoas com prisão de ventre têm tendência a sofrer de cistite. Portanto, se esse for seu caso, adote uma dieta rica em fibras;
  •  Saber como fazer a higiene íntima é essencial. Faça sempre a limpeza no sentido vagina-ânus. Ensine isso para suas filhas desde pequenas;
  •  Sprays, desodorantes e perfumes colocados na região vaginal irritam a pele. Evite;
  •  Use calcinhas de algodão e, se possível, descarte as de tecidos sintéticos. Roupas muito justas não são recomendas. Use de vez em quando;
  •  Quando tiver vontade de fazer xixi, não segure. Procure um banheiro e alivie sua vontade;
  •  Dê preferência para preservativos que sejam lubrificados;
  •  Após a relação sexual, faça xixi.

Adote bons hábitos e fuja da cistite.

Publicidade

Comente