Como evitar a oleosidade na pele

Dicas para quem quer uma pele limpa e sem oleosidade

A oleosidade na pele é um problema que atinge um grande número de pessoas, algumas em maior intensidade. Este problema, além da aparência brilhosa na pele, também pode causar desconfortos e doenças na pele, por isso é importante tratá-lo o quanto antes. Para o controle de oleosidade na pele, existem tratamentos em clínicas de estética, mas também, pode ser resolvido com cuidados básicos e diários.

Publicidade

Uma das características de quem tem a pele oleosa são os poros abertos, eles tiram a uniformidade da pele e deixam um brilho excessivo causado pela eliminação de células mortas e óleos da pele. Caso este descontrole não seja revertido, a pele pode sofrer danos que posteriormente podem virar doenças, como dermatite seborreia, acnes, rosácea e hiperplasia sebácea, além do aparecimento de cravos escuros.

Para quem deseja tratar este problema em clínicas, existem as seguintes opções: o peeling superficial e a luz pulsada. O peeling serve para retirar todas as células mortas e impurezas da pele, assim a eliminação de óleo será reduzida, e no caso da luz pulsada, os poros dilatados serão fechados, as manchas serão reduzidas e a oleosidade, por consequência, será eliminada.

Para os cuidados diários, não é necessário grandes investimentos em tratamentos alternativos, uma rotina de pequenos cuidados pode reduzir a oleosidade da pele.

Publicidade

Para começar, não é recomendado que o rosto seja lavado várias vezes ao dia a fim de diminuir a oleosidade, se não for um sabonete específico para este fim a pele será agredida, o ideal é que o rosto seja lavado duas vezes ao dia, pela manhã e pela noite, com um sabonete próprio para sua pele, de preferência orientado por um médico dermatologista. A hidratação da pele também é importante neste processo, hidratar não significa que a pele receberá mais quantidade de óleo, mas sim que ela receberá uma quantidade de água e vitaminas necessárias para sua saúde, existem produtos de hidratação para a pele que não possuem óleos e tem uma consistência de gel, esses são os recomendados para quem tem a pele oleosa. Outro cuidado essencial é o uso de protetor solar e adstringente, os protetores devem ser em gel e devem ser usados frequentemente, quanto aos adstringentes, devem ser utilizados diariamente, para a retirada de maquiagens e resíduos da poluição do dia a dia. Ao menos uma vez por semana, recomenda-se utilizar um esfoliante facial, até mesmo os caseiros são recomendados, ele vai eliminar as células mortas e toda impureza que houver na pele sem a necessidade de um tratamento em clínica.

 

Publicidade

Comente