Como evitar assaduras em bebês

Assaduras em crianças podem ser evitadas. Confira as dicas e garanta mais conforto e bem estar ao seu filho.

Assaduras em crianças são muito comuns, mas esse incômodo pode ser evitado. Ela nada mais é que uma irritação causada por vestígios de urina ou fezes que ficaram na fralda. Portanto fique de olho se seu bebê apresentar sinais como pele vermelha e inchaço.

Publicidade

Demorar muito tempo para trocar a fralda suja pela limpa e o uso de produtos não adequados para a pele de uma criança facilitam o surgimento desse incômodo. O esfolado da pele é provocado pela fricção da fralda e o calor aumenta a proliferação dos fungos. Tudo isso colabora com o aparecimento da temível assadura, que causa um enorme desconforto para o bebê.

A mãe deve ficar atenta ao tecido da fralda. As descartáveis diminuem as lesões e as de pano, por deixarem a pele mais arejada, não irritam tanto a pele sensível da criança. Os pediatras também pedem aos pais que evitem o uso de lenços umedecidos. Apesar da sua praticidade, eles contêm substâncias que podem irritar a pele do bebê. O mais correto é que toda a higiene seja feita com algodão é agua morna. Os sabonetes líquidos até podem ser usados, com a ressalva que sejam indicados para bebês.

Se mesmo com todos esses cuidados a assadura se instalar, o procedimento é simples. Basta lavar a área atingida com água morna e sabão neutro, podendo ser durante o banho. Antes de pôr a fralda, pegue um chumaço de algodão e embeba em 120 ml de água morna com uma colher de bicarbonato de sódio. Não esfregue para não irritar ainda mais. Se você reparar que a assadura está feia ou ela não parece melhorar, procure um médico, pois o tratamento será diferenciado. Ele provavelmente recomendará a aplicação de pomadas antimicóticas e a troca da marca ou tipo de fralda. Às vezes são pequenos detalhes trarão mais alívio ao seu bebê.

Publicidade

As fraldas devem merecer sua atenção. Compre somente as de confiança. Se você não conhece a marca, é melhor não arriscar. Dê preferência para as hipoalérgicas.

Outra recomendação dos pediatras é não deixar a criança muito tempo com cocô ou xixi na fralda. Assim que você perceber que a fralda está suja, troque-a imediatamente, fazendo sempre a higiene na área genital e mantendo-a livre de umidade. Pós e talcos devem ser evitados e deixar o bebê sem fralda por poucos minutos é bom para arejar a pele. Pergunte ao pediatra do seu filho quais os melhores produtos para prevenir assaduras e corte o mal pela raiz.

Publicidade

Comente