Como evitar erros na hora de cozinhar

Na hora de cozinhar, por distração ou falta de conhecimento, um descuido pode fazer com que a sua comidinha preparada com tanto carinho abrigue um exército de bactérias. Siga as orientações para evitar que esses inimigos invisíveis ameacem a saúde da sua família.

Publicidade

– Antes de preparar qualquer alimento, lave bem as mãos com água e sabão. Elas são uma grande fonte de contaminação. Nelas podem se alojar vírus, bactérias e inclusive coliformes fecais. Imagine tudo isso passando para os alimentos que você irá cozinhar para sua família? Livre-se de problemas como intoxicação alimentar lavando as mãos, os dedos e até os pulsos. Tire os anéis e o relógio para cozinhar;

– Não espere a comida esfriar para guardar na geladeira. Segundo especialistas no assunto, à medida que a temperatura do alimento vai diminuindo, as condições para que haja multiplicação de bactérias aumenta. O correto é levar a comida direto para a geladeira assim que o almoço ou jantar terminar. O importante é manter seus alimentos fresquinhos;

– Colher de pau, por ser de madeira, é um verdadeiro foco de bactérias. Por mais que você as lave, os microorganismos causadores de doenças vão continuar lá, alimentando-se dos pequenos resíduos que sobraram entre as fissuras da colher. Depois, com o tempo, as bactérias passam para os alimentos. Perigoso, não? O indicado é que você trocar sua colher de pau por outras de plástico ou vidro que são mais fáceis de higienizar. Quanto às colheres de pau, jogue-as no lixo;

Publicidade

– Após abrir alimentos enlatados, passe-os para um recipiente de plástico ou vidro. É proibido guardar as latas abertas dentro da geladeira, pois o risco de ocorrer uma contaminação é muito grande;

–  Nunca cozinhe os vegetais em água fria. Para que eles não percam as suas propriedades nutricionais, coloque-os direto na água fervente onde a perda será menor. Ou então os prepare no vapor que é a melhor opção;

–  O azeite de oliva extravirgem é ótimo para saúde. Porém se você o aquecer em temperatura superior a 190 graus a maioria dos benefícios irá se perder, sem falar que o azeite pode oxidar, tornando-se até mesmo tóxico. Quando você for grelhar ou fritar use o óleo de canola ou girassol. Deixe o óleo de oliva para preparações frias, refogadas e ensopados;

– Cuidado com a carne exposta a altas temperaturas. Se elas ficarem muito tempo cozinhando, substâncias tóxicas se formarão e serão absorvidas pela carne. O churrasco também teu seus riscos, já que a queima do carvão produz esses compostos que são carcinogênicos. A carne mal passada também oferece riscos de contaminação. Para não errar, opte pela carne no ponto.

– O creme de leite deixa qualquer comida deliciosa, em compensação as calorias multiplicam. Substitua-o pelo leite semi ou desnatado, engrossado com amido de milho. Você pode usar a versão light. Para evitar que ele coalhe ou embolote durante a preparação, coloque o creme de leite direto no prato depois de feito.
São esses pequenos cuidados que irão fazer diferença mais tarde.

Publicidade

Comente