Como evitar os vasinhos nas pernas

Não chegam a ser varizes, mas também incomodam. Veja como evitar os vasinhos que surgem nas pernas.

Sabe aqueles fiozinhos roxos que tomam conta das pernas? Diferentes das varizes, eles não provocam dor, peso nas pernas ou inchaço. Em compensação, pelo aspecto estético, os vasinhos costumam deixar as pernas não muito favorecidas no quesito beleza. Dependendo do grau, somente uma meia-calça para disfarçar. Para a prevenção, segundo especialistas, o melhor é não fazer uso de anticoncepcionais. A boa notícia é que os tratamentos para eliminá-los são bastante acessíveis. Sessões de escleroterapia, cujas injeções secam os vasinhos, podem sair R$ 50 a sessão. Há 4 tipos de tratamentos. Confira abaixo quais são eles e evite os vasinhos nas pernas!

Publicidade

– Injeção com glicose: esse é o tratamento mais usual. São aplicadas injeções com glicose que inflamam as paredes do vasinho. O sangue coagula e deixa de circular. O pequeno inconveniente é o surgimento de pequenos hematomas, mas eles permanecem por no máximo 3 semanas. Nesse período evite o sol. Valor: a partir de R$ 50 a sessão;

– Vasinhos grossos: é igual ao da escleroterapia tradicional, porém é usado espuma em vasinhos que contam com até 3 mm. Após as aplicações também surgem hematomas. Valor: até R$ 150 a sessão;

– Efeito gelado: é chamada crioescleroterapia a aplicação de glicose quase congelada. É uma versão do tratamento tradicional. A paciente não sente muita ardência pelo efeito gelado e não surgem tantas manchas após. Valor: até R$ 150 a sessão;

Publicidade

– Laser anti-hematomas: o tratamento é realizado através do laser, que é absorvido pelos pigmentos do sangue. Os vasinhos são queimados e quem fez garante que o desconforto é bem menor do quando injetada a agulha, pois não provoca hematomas. Valor: a sessão sai a partir de R$ 200.

Você ainda não sabe a diferença entre varizes e vasinhos? Confira:

– As varizes são quando os vasos sanguíneos se dilatam e seguem caminhos tortuosos através das pernas. Azuis ou esverdeados, eles costumam marcam a pele, deixando-a em alto relevo. São consideradas varizes quando os vasos possuem uma espessura a partir de 4 mm. Quem sofre de varizes sente dores, inchaço, queimação e sensação de pesos nas pernas. As causas do surgimento das varizes são excesso de peso, falta de exercícios físicos, tabagismo e ficar muito tempo em pé. O tratamento é feito com microcirurgia ou cirurgia.

– Os vasinhos já são bem mais fininhos e possuem uma coloração vinho. Não são em alto relevo e formam na pele um caminho parecido com uma teia de aranha. A espessura deles fica entre 0,1 mm a 3 mm, como se fosse um fio de cabelo. Nem de longe causam os desconfortos das varizes. O incômodo é apenas estético, e eles podem piorar durante a gravidez, na reposição hormonal ou no uso de anticoncepcionais.

Consulte um especialista se você deseja acabar com os vasinhos. No mínimo são necessárias três sessões até aparecer alguma melhora. O tratamento e o número de sessões quem determina é o médico. Entre uma e outra sessão é preciso um intervalo de entre duas e três semanas.

Publicidade

Comente