Como evitar que seu pet sinta frio no inverno

Confira as dicas de como evitar que seu pet passe frio com as baixas temperaturas

Assim como os seres humanos, nossos animais de estimação também sentem frio quando as temperaturas começam a cair. Os sinais de que seu pet está passando por algum desconforto são tremores musculares, encolhimento ou quando se refugiam em algum lugar mais quentinho. Não permita que seu bichinho passe frio no inverno.

Publicidade

E o frio certamente provocará neles doenças que podem se tornar bem graves e até fatais como gripes, resfriados, problemas respiratórios e orteoarticulares. Todo cuidado é pouco, por isso é muito importante mantê-los sempre aquecidos.

Você pode proteger seu animal de estimação com inúmeros recursos. Providencie uma casinha para ele e o instale em um local mais quente. Não o deixe exposto a chuvas e correntes de ar. Se a casinha dele não for fechada, providencie para que onde ele vá dormir ou se alojar esteja forrado com jornal ou mantas para isolar o frio.

Durante o inverno, com o clima mais gelado, não há necessidade de você levar seu animalzinho para passear tanto na rua. Diminua a frequência dos banhos e da tosa também. Os pelos dele servirão de bloqueio contra o frio, portanto só providencie o corte quando o tempo começar a esquentar novamente. É preferível evitar passeios de manhã bem cedo ou no final da tarde.

Publicidade

É comum vermos nas ruas cachorrinhos agasalhados. Se os pelos do seu forem curtos ou finos, invista em uma roupa bem confortável. Mas observe também a reação dele. Primeiramente o pet precisa se sentir bem estando vestido e jamais deve ter seus movimentos e necessidades fisiológicas restringidos.

Outro ponto importante é a alimentação. Para ficar quente, o corpo consome mais energia, então seu bichinho deve comer bem. A dica é colocar um pouco mais de ração no pote além do normal. Só não vá deixá-lo obeso!

Cuide bem do seu melhor amigo!

Publicidade

Comente