Como faturar vendendo roupas

Vender roupas pode render bastante no final do mês. Entre de cabeça nesse ramo.

Você já pensou em faturar uma graninha extra vendendo roupas para amigos e conhecidos? A popular sacoleira já deixou de ser uma atividade somente para quem está desempregado. Muita gente já largou um emprego considerado estável para entrar nesse ramo. Mas o sucesso não vem fácil. Siga algumas dicas para você também se dar bem:

Publicidade

– Decida o que você quer vender. Lingeries, jeans, roupas mais finas. A partir daí defina o seu público-alvo. Lembre que você também precisa se identificar com a sua mercadoria para vender mais fácil;

– Não se jogue nas vendas sem um planejamento. Caso não saiba ainda por onde começar, converse com alguém que já esteja no ramo para lhe dar algumas sugestões. Contate possíveis fornecedores e os valores. Antes de efetuar a compra, analise as formas de pagamento oferecidas. Há um mínimo de peças que você deve comprar no atacado, informe-se também a respeito. Você também irá precisar providenciar documentos, entre eles um CNPJ;

– Cuidado para não se empolgar e se endividar. Vá com calma no início. Antes de formar uma clientela fiel, não exagere nas suas compras;

Publicidade

– Seja atenta e repare bem nas peças que você pretende adquirir. Muitas já vêm com defeitos, alguns quase imperceptíveis;

– No início você pode até achar meio difícil, porém depois de algum tempo e com mais jogo de cintura, peça descontos e pechinche bastante;

– Inicie vendendo para seu círculo de amizades. Providencie cartõezinhos de visita e faça com que eles circulem!

– As redes sociais estão aí também para ajudar você a vender. Use-as para bombar suas vendas, postando fotos bem atraentes e de vários ângulos. Valorize suas mercadorias;

– Repare o que as atrizes nas novelas estão usando. Se a moda delas cair no gosto do público, sinal de que você pode faturar em cima disso. Fique esperta;

– Embalagens diferentes, formas de pagamento mais facilitadas, atendimento preferencial. Isso conta muito para suas freguesas;

– Até para ser sacoleira é necessário se formalizar. Portanto informe-se como você deve fazer para abrir uma firma como empreendedor individual. Na dúvida consulte o site portaldoempreendedor.gov.br e siga as dicas;

– O Sebrae também presta ajuda para quem está iniciando no ramo. Procure os postos de atendimento e veja qual fica mais perto de você. Há cursos até pela internet. Acesse o site sebrae.com.br.

Conheça agora os principais pólos de moda no Brasil:

– Serra Gaúcha: em Farroupilha e Caxias você encontra roupas, acessórios, calçados e fitness, com destaques para peças em tricô. Consulte centrodecomprasfarroupilha.com.br;

– Vale do Itajaí: em Brusque, Blumenau, Joinville e Jaguará do Sul a ênfase são para as malhas. Consulte masterbrusque.com.br;

– São Paulo: visite os centros de compras no Brás, Bom Retiro e a região da 25 de março. Consulte guiadobomretiro.com.brguiada25.com.brmegapolomoda.com.br;

– São José do Rio Preto: com mais de 4 mil confecções, se destaca por ser o maior centro de moda do interior do Brasil. Consulte clubedamodacenter.com.br;

– Petrópolis: as sacoleiras vão ao delírio na rua Santa Tereza com seus mais 2 quilômetros de lojas. Você encontra todo tipo de roupa, principalmente as peças femininas de malha. Consulte modapetropolis.com.br e rteresa.com.br;

– Nova Friburgo: considerada um dos maiores pólos de moda íntima do Brasil. Consulteintimafriburgo.com.br;

– Maringá: possui quatro shoppings de atacado. Consulte shoppingportaldamoda.com.brmodamercosul.com.br;

– Fortaleza e Maracanaú: destaque para as roupas infantis, fitness e moda praia. Consulte polodamoda.com.br.

Arregace as mangas, chame suas amigas e fature alto!

Publicidade

Comente