Como fazer mechas nos cabelos

Conheça as novas técnicas de mechas para cabelos e arrase na produção.

Parece que a moda das mechas californianas chegou a fim. Quem quer ser loira ou mudar o visual agora possui mais opções para arrasar em todos os lugares. Confira abaixo as novas técnicas e fique linda em qualquer época do ano:

como-fazer-mechas

Publicidade

OMBRÉ CARIOCA

Esta técnica é totalmente inspirada nas mulheres cariocas. Há a versão Leblon em que as mechas iluminam o contorno do rosto e as pontas. A versão Ipanema é mais chamativa. Ela tem mechas mais claras que o tom natural do cabelo. A gradação é sutil e começa a partir da altura da orelha. Cai bem em mulheres com todos os tipos de tons de pele. Para as morenas aconselha-se mechas em tom de mel. Já as negras devem optar por tons acobreados. A manutenção pode ser feita a cada 3 meses.

MECHAS COR DE COBRE

Já pensou em fazer mechas em tom de cobre? Elas estão na moda! São perfeitas para quem está muito a fim de mudar o visual dos cabelos castanhos sem nada muito radical. Este tipo de mecha é feito a partir de 3 dedos da raiz, próximas ao rosto.

Converse com seu cabeleireiro qual tom cai melhor em você. Mechas mais claras ficam bem em pessoas de pele clara e cabelos loiro-escuro. Tons marrom-acobreados ficam lindos nas morenas, com mechas próximas ao rosto e sem buscar uma uniformidade no cabelo. A manutenção é feita de 3 em 3 meses.

Publicidade

MECHAS INVERTIDAS

A reclamação de quem faz mechas constantemente é que depois de um tempo está loira demais. A solução são as mechas invertidas que devolvem as nuances de outrora. Elas são feitas no cabelo inteiro, em 2 tons diferentes e mais escuros daqueles que já estão nos fios, porém ainda mais claro que a cor natural. Por exemplo, quem tem cabelo castanho-escuro e devido às mechas ficou praticamente loira, a opção é fazer mechas em tons castanho-claro e médio. O loirão vai embora e você adquire um novo visual. Esta técnica combina com todos os tipos de cores e fios. A manutenção é a cada 2 meses.

FREE-HAND OU PAINTING

É indicado para quem não quer um grande contraste entre as raízes e as pontas. O cabeleireiro irá escolher quais áreas dos cabelos ficarão mais claras, levando em conta o rosto e o perfil da pessoa. Esta técnica cai bem em todos e a manutenção é a cada 8 meses, conforme o cabelo.

Há produtos que possibilitam você fazer estas técnicas na sua própria casa. Mas, se você não tem muita experiência ou segurança, é preferível procurar um bom profissional da beleza e deixar tudo ao encargo dele. Lembre-se que o barato pode sair caro.

Publicidade

Comente