Como fazer para ser um Escrivão de Polícia

Saiba todos os detalhes de como fazer para ser um Escrivão de Polícia e todas as atribuições do cargo.

Você sonha em trabalhar na polícia? Mas não quer trabalhar nas ruas e sim numa delegacia de polícia cuidando de processos e depoimentos, então a profissão certa para você é a de Escrivão de Polícia.

Publicidade

Um Escrivão de Polícia cuida de toda a parte burocrática de lavrar boletins de ocorrência, autos, termos, mandatos, ordens de serviço e demais atos de ofício, sua atribuição maior é dar cumprimento aos despachos advindos da Autoridade Policial, ele responde por toda a documentação relativa aos Inquéritos Policiais.

Este artigo vai explicar tudo sobre como fazer para ser um Escrivão de Polícia.

Para ser um Escrivão de Polícia é preciso:

· Ter idade mínima de 18 anos

Publicidade

· Ter Ensino Superior Completo

· Possuir habilitação para dirigir veículo automotor

· Não registrar nenhum antecedente criminal

. Ter prática em digitação

Agora veja com detalhes o que é preciso para ser um Escrivão de Polícia.

1º Prestar concursos públicos

Se você deseja ser um Escrivão de Polícia e preenche todos os requisitos acima então fique atento a todos os concursos públicos que estejam ou estarão abertos no Brasil. Fique atento aos sites especializados, leia jornais e revistas e esteja sempre preparado para prestar provas e exames. O escrivão poderá trabalhar na Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia judiciária e Polícia Federal.

2º Estar sempre estudando e se atualizando

Se você deseja obter sucesso nos concursos públicos para Escrivão de Polícia. Então esteja sempre atualizado em matérias como: Matemática, Direito, Criminologia, Lógica e informática. Além de saber escrever bem e ter um bom domínio sobre a língua portuguesa. Estude antes da abertura dos concursos para que quando estiverem abertas as vagas para Escrivão você já esteja preparado e afiado para conseguir a sua vaga.

3º Ter domínio sobre digitação

É fundamental ter o domínio sobre digitação, pois a função exigirá isto desse profissional. Além disso, existem concursos que também fazem exames de digitação. Então se você não tem essa qualidade. Procure praticar em casa e desenvolva esta habilidade. Uma boa dica para praticar é escrever redações, pois além de praticar a digitação, você também estará aperfeiçoando o seu nível de escrita.

4º Ter uma grande capacidade de organização de documentos

O Escrivão de Polícia também terá que possuir um grande senso de organização, pois esta capacidade estará entre suas atribuições do cargo. Organizar documentos, livros e os demais papéis dos cartórios policiais, assim como catalogar em pastas próprias todos os documentos relativos ao seu serviço. Também será sua responsabilidade manter arquivos, fichários entre outros documentos. Organizar mapas de estatísticas policiais.

Um Escrivão de Polícia recebe em média a remuneração de 2800 reais. Trabalha em média 40 horas semanais. Sendo que em determinados casos será necessário acompanhar autoridade policiais em diligências quando for necessário. E também no encaminhamento de vítimas de agressões ao exame de corpo de delito.

Enfim estas são todas as dicas de como fazer para ser um Escrivão de Polícia, além de elucidar todas as principais funções que serão atribuídas ao cargo. Então não perca tempo, se prepare e esteja atento aos próximos concursos e boa sorte.

Publicidade

01 Comentário

Comente