Como fazer um jardim na sua própria casa

Decore o interior da sua casa com flores e folhagens.

Cuidar de plantas possui efeitos terapêuticos. Quem nunca ouviu falar que cultivar um jardim é uma verdadeira terapia? Agora chegou a sua vez.

Publicidade

Plantas são seres vivos e elas trazem uma energia incrível para uma casa, além de deixar o ar que respiramos mais puro. Mas não pense que é fácil ter um jardim bonito e bem tratado. É preciso conhecer algumas técnicas como iluminação, ventilação e quantidade ideal de água, ou seja, nem mais e nem menos. Veja as dicas e faça seu jardim florescer:

– Dependerá do ambiente da sua casa a espécie que ali poderá se desenvolver melhor. Em espaços que sejam luminosos, mas sem o sol batendo direto, cultive a árvore da felicidade, cheflera, guaimbé, hera, monstera, samambaia ou violeta. Em lugares com sombra plante acmea, azaleia japonesa, fícus ou zamioculcas. Já onde o sol é constante se adaptam melhor o cacto e o crisântemo;

– E como saber se as plantas foram colocadas nos ambientes certos? Veja pelas cores das folhas. Quando muito amarelas, significa excesso de luz. Se muito escuras, é justamente o contrário, elas estão carecendo de luminosidade. Procure deixar os vasos em áreas que o ar circule livremente. Nas espécies que possuem folhas maiores, muito vento é prejudicial;

Publicidade

– Quando a planta cresceu demais e o vaso não está dando conta, faça uma troca urgente. Use outro com um diâmetro de 3 a 5 centímetros maior. Para fazer a troca, vire o vaso de cabeça para baixo e remova a planta. No vaso novo ponha uma camada de pedra e substrato. Para prepará-lo misture partes iguais de terra vegetal, húmus e areia;

– Não esqueça que é preciso adubar suas plantas. O tempo ideal é a cada 4 ou 5 meses. Adubos solúveis podem ser usados nas regas. Você pode optar por fertilizantes de liberação lenta. Mas cuidado para não ultrapassar a dose recomendada, pois adubo demais pode matar sua planta;

– Procure remover folhas e ramos mortos ou com aspecto doentio. Você verá como sua folhagem ficará mais viçosa. Passe com frequência e cuidadosamente um pano úmido nas folhas das plantas a fim de retirar o pó acumulado;

– A rega deve ser plenamente adequada. Para saber o momento certo, coloque o dedo na terra a 2 centímetros de profundidade. Percebendo que ela está seca, regue. É interessante que antes você use um garfo próprio de jardinagem para afofar a terra. Quando o vaso fica em uma área que recebe água da chuva, providencie cascalhos para pôr na terra. Eles têm como objetivo filtrar as impurezas;

– Água em excesso no pratinho não faz bem para a planta e ainda pode ser um foco para o mosquito da dengue;

– Os cactos precisam que a terra esteja bem seca antes de fazer a rega. Já a avenca necessita de regas mais frequentes.
Com dedicação você terá um belo jardim. Cultive-o!

Publicidade

Comente