Determinados serviços ou transações só podem ser realizados pessoalmente. É o caso de assinatura de contratos, inscrições em concursos, recebimento de documentação legal e movimentações bancárias. Para essas e outras situações, nem sempre é possível estar presente, restando a opção de fazer uma procuração. Trata-se de um documento registrado em cartório no qual uma pessoa atribui a outra a sua representação legal.

Como fazer uma procuração?

Para tanto, é necessário identificar junto a um cartório qual o tipo de procuração necessária para o seu caso. Definido isso, na internet é possível encontrar diversos modelos de Carta de Procuração, sendo fundamental descrever a documentação de identificação do outorgante (aquele que delega a responsabilidade a outro) na primeira pessoa, refletindo seu interesse voluntário na transferência da representatividade.

O documento também deve constar os dados da pessoa que o representará como procuradora, bem como informações sobre a designação desta procuração. Em suma, a carta deve responder a questão “eu atribuo direitos a quem para fazer o quê?”. O registro deve ser feito em cartório no intuito de formalizar e conferir valor jurídico ao documento.

Receba mais sobre "Como fazer uma procuração?" e outros artigos do Como Fazer Online no seu e-mail. É grátis!



Faça um Comentário