Como fazer uma reforma dentro do seu orçamento

Deixar o apê mais bonito pode render uma boa dor de cabeça se você não se planejar corretamente. Se a grana está curta, leia as dicas abaixo e veja como fazer uma reforma dentro do seu orçamento.

Querer deixar o apartamento com a nossa cara pode não ser tão simples assim. Uma reforma custa dinheiro, toma nosso tempo e requer muita paciência para encarar os imprevistos que naturalmente surgem. Na verdade, tudo o que se precisa é de planejamento e contatos com profissionais que possam realmente dar uma força. Antes de começar a demolir paredes e arrancar o piso, veja as dicas de como fazer uma reforma com o orçamento que você dispõe.

Publicidade

Pesquise

Evite ir na primeira loja que aparecer ou na mais renomada. Pesquise bastante. Consiga pelo menos três orçamentos. Fale com amigos que já fizeram reforma em casa e peça indicações de lojas que aliam qualidade a valores mais acessíveis. Comprar em vários lugares diferentes também não resolve. Você pode obter um desconto maior se adquirir tudo o que precisa em uma só loja. Uma dica bem legal é comprar o material no último dia do mês, pois é quando a loja precisa bater a meta mensal de vendas.

Quando comprar

O melhor mesmo é comprar nos saldões. Eles costumam ocorrer em janeiro e julho. Fique atenta também às promoções. Os acabamentos constituem a parte mais cara da reforma, entretanto nessas ocasiões você pode economizar até 70%. Nas liquidações o estoque costuma ser menor, portanto compre a mais, caso você precise de mais material durante a reforma.

Acabamento

Você precisa realmente demolir alguma coisa dentro de casa para sua reforma dar certo? Lembre que isso gera um belo custo. Antes consulte um bom profissional para lhe indicar alternativas que podem lhe agradar mais. Um piso de cerâmica, por exemplo, pode ser posto sobre o outro. A economia nesse caso gira em torno de 10%, já que o valor da mão de obra e material será menor. Fique esperta!

Publicidade

Desperdício

Não saia comprando sem orientação. Um arquiteto pode lhe dizer o quanto você precisa de material para sua reforma sem correr o risco de comprar a mais.

Caçamba

A caçamba é uma ótima opção para guardar os entulhos da obra. Mas ela custa dinheiro. O contrato é feito por aluguel que dura, em média, uns cinco dias. Planeje-se para que a obra siga o cronograma corretamente, pois se o prazo vencer, você terá que recontratá-la e, com isso, lá se vai mais grana.

Planejamento

Você não sabe fazer reformas, portanto não se atreva a fazer tudo sozinha, sem orientação. Contrate um profissional que lhe dará as dicas certas. Por exemplo, o forro de gesso provoca manchas, assim sendo faça isso antes de arrumar o piso. Elabore um cronograma e siga-o.

Mão de obra

Não se arrisque contratando pessoas que não são comprometidas com o serviço. É comum conhecermos alguém que enfrentou uma reforma e nada melhor que pedir ao seu conhecido referências sobre a mão de obra utilizada por ele. Substituir os profissionais no meio do caminho irá lhe trazer mais custos e incomodação.

Publicidade

Comente