Como lavar tecidos sintéticos

Lavar tecidos sintéticos não é tão simples assim. São necessários alguns cuidados que certamente irão preservar suas roupas por mais tempo. Confira as dicas:

Publicidade

– Os tecidos sintéticos como poliéster, nylon, acrílico e elastano são muito resistentes, mas não os submeta a altas temperaturas na hora de lavar ou passar. Use um ferro sem vapor e passe do lado avesso;

– Você já deve ter percebido que mesmo depois da lavagem, as roupas sintéticas ainda guardam o odor do suor. Para que isso deixe de acontecer a roupa deve ficar de molho em uma solução de água com uma colher de bicarbonato;

– A lycra branca pode amarelar depois de lavada e enxaguada. Deixe-a de molho por algum tempo na água juntamente com o bicarbonato. Para secar, prefira a sombra.

Publicidade

– Lycra de cor: não pode ficar de molho jamais, pois ficará manchada. Lave-a sozinha.

? Nylon branco: são peças que podem ficar amareladas depois de lavadas. Evite isso as colocando por poucos segundos em uma mistura de água com um punhadinho de fermento em pó.

? Nylon: para lavar, opte por água em temperatura morna, podendo ser na máquina de lavar roupa. Ponha amaciante já no último ciclo do enxágue. Não há problema em deixá-la na secadora de roupas, desde que em temperatura baixa. Quando for passar, opte pela temperatura moderada.

? As peças de acetato têm que ser lavadas a seco. Olhe a etiqueta. Caso ela não indique isso, lave você mesmo à mão, com água morna e sem muita produção de espuma. Jamais torça a peça e nem a ponha na centrifugadora. Evite deixá-la de molho com roupas coloridas. Passe a peça ao contrário, ainda úmida e com a temperatura fria.

? Meias de nylon e helanca devem ser lavadas em água morna ou fria. Não torça. Para tirar o excesso de água, enrole em uma toalha felpuda e não as deixe secar sob o sol.

Publicidade

Comente