Como lidar com pessoas grosseiras

Pessoas mal educadas existem por toda parte. Veja como lidar com gente grosseira sem perder a linha.

No trânsito, no trabalho e até no supermercado nos deparamos com os mais diversos tipos de grosserias e falta de educação. E não importa a idade. Nessas horas vem a dúvida. Retrucar ou manter a linha? Afinal, dar uma resposta pode fazer com que desçamos ao mesmo nível que o outro. As dicas abaixo ensinarão a você como sair dessas situações embaraçosas sem deixar a educação de lado. Confira:

Publicidade

– Há certos tipos de grosserias e falta de educação que nos deixam mais desnorteados. Descubra quais são os tipos de comportamentos que mais lhe desagradam e faça o possível para evitá-los ou contorná-los. Procure se afastar ou manter o mínimo contato com pessoas sabidamente alteradas;

– Comportamentos agressivos chocam pessoas que odeiam brigas e confusões. Porém, estamos sujeitos a isso diariamente. Ser surpreendida com palavras grosseiras é péssimo, pois muitas vezes ficamos sem reação ou tentando encontrar a palavra certa para uma boa resposta. Mentalize como você reagiria em determinadas situações para não ser pega de surpresa;

– Muitas pessoas, mesmo que tenham razão, não gostam de enfrentar uma discussão acalorada. Se isso lhe traz mais desgaste e você sabe que não vale a pena levar a frente o embate, ignore o sujeito e o incidente;

Publicidade

– Ser educado com alguém que está lhe dirigindo palavras ásperas reverte completamente a situação. A outra pessoa pode até se sentir constrangida ao ver que você está respondendo às grosserias com equilíbrio e inteligência.

Constrangimentos provocados por pessoas grosseiras acontecem em qualquer lugar. Ninguém está imune a isso. Veja como reagir com gente mal educada no trabalho, no trânsito e também na sua própria casa:

– As grandes cidades enfrentam congestionamentos caóticos e realmente é preciso ter muita paciência com outros motoristas apressadinhos. Infelizmente mortes ocasionadas por brigas no trânsito estão cada vez mais frequentes, por motivos fúteis. Então respire fundo. Ignore buzinaços, gestos e pessoas com cara feia atrás do volante. A dica é deixar os pensamentos flutuarem. Pense no seu amor que está em casa lhe esperando, nos seus projetos pessoais e quem sabe, sintonize o rádio e escute suas músicas preferidas. Exercícios de respiração para relaxamento são muito bem-vindos;

– Discutir com colegas é ruim, mas é normal. O que não pode haver é prejuízo no trabalho. Caso seu colega de escritório seja uma pessoa de difícil convivência, tente ver o lado bom dele. Muitas vezes precisamos ajustar nosso próprio comportamento ao do outro. Mantenha sempre o tom de voz educado. Quando é o chefe que cria problemas, analise primeiro a situação.

Veja se as cobranças estão sendo pelo lado profissional. O estresse e o cumprimento de prazos altera bastante o comportamento das pessoas. Porém, se passar do limite, lembre-se que assédio moral é crime e o que está em jogo é seu emprego;

– Infelizmente no nosso meio familiar também acontecem grosserias. Tente resolver o assunto por meio de uma conversa franca. Isso irá gerar a chance de ele lhe pedir desculpas ou dará a oportunidade para você impor limites.

Gentileza gera gentileza. Pratique e sirva de exemplo.

Publicidade

Comente