Como manter a boca saudável a vida toda

Mantenha seu sorriso sempre bonito. Descubra como lendo as dicas abaixo.

Um sorriso bonito chama atenção e isto é o resultado direto de cuidados desde a infância. Por isto fique atenta às dicas abaixo e evite problemas no futuro. Confira:

Publicidade

0 A 12 MESES

Os dentinhos começam a nascer e já a partir deste momento a mãe deve começar o processo de higiene bucal no bebê. São indicados o uso de dedeiras ou escovas de dente específicas para a faixa etária.

Cuidados principais

– Evitar açúcar;
– Não oferecer chupeta o tempo todo;
– Introduzir aos poucos a alimentação sólida;
– Visitar um odontopediatra assim que nascer o primeiro dentinho.

Problemas mais comuns

– Cáries;
– Sapinho;
– Gengivoestomatite, infecção viral que causa aftas no céu da boca, gengiva e língua.

Publicidade

1 A 2 ANOS

Os molares começam a nascer nesta época. A principal característica destes dentes é que eles possuem uma cavidade no centro que acumula resíduos alimentares.

Cuidados principais

– Mordedores, talheres, mamadeiras não devem ser compartilhados com outras crianças;
– A partir desta idade a criança já está apta a beber líquidos em copos. Estimule-a;
– Alimentos com texturas diferentes podem ser experimentados;
– Ao escovar os dentes do baixinho, utilize pasta de dente fluoretada. Consulte o dentista para indicação de creme dental específico.

Problemas mais comuns

– Cáries;
– Sapinho;
– Gengivoestomatite;
– Febre baixa e muita baba.

PRÉ-ESCOLAR

Antes de chegar os três anos de idade, a criança alcançará a primeira dentição, ou seja, 20 dentes. Entre os cinco e seis anos se inicia a troca dos dentes de leite.

Cuidados principais

– A criança já pode escovar os dentes sozinha, desde que supervisionada por um dos pais;
– Estimule a mastigação de alimentos mais duros e com fibras como cenoura e maçãs cruas;
– A visita ao dentista se torna fundamental para verificar se há incidência de cáries ou problemas de mordida errada;

Problemas mais comuns

– Cáries;
– Má oclusão.

CRIANÇA

Os dentinhos da frente caem e os primeiros molares permanentes nascem.

Cuidados principais:

– A escovação permanece sendo supervisionada por um adulto;
– Incentive e ensine o uso do fio dental;
– Os molares (os dentes que possuem a cavidade central) continuam tendo uma atenção especial;
– Evitar o açúcar é uma tarefa difícil. Mas estimular a escovação após o seu consumo é fundamental para a prevenção de cáries;

Problemas mais comuns

– Cáries;
– Má calcificação dos dentes permanentes.

ADOLESCENTES

É nesta fase que a dentição se completa. Os sisos nascem, mas com isso podem surgir outros problemas, pois nem sempre há espaço para eles.

Principais cuidados

– Consumir menos guloseimas;
– Alimentos ácidos danificam os dentes, portanto é aconselhável evitar também refrigerantes à base de cola;
– Usar piercing nos lábios e na língua não é recomendado. Eles podem causar graves lesões;
– Abuso do álcool também prejudica a saúde bucal, bem como cigarro e outras drogas;
– Não relaxar jamais na higiene bucal.

Problemas mais comuns

– Cáries;
– Gengivite;
– Doenças periodontais, provocadas pelo acúmulo de tártaro. É preciso estar atento a esta doença, pois quando o caso agrava, o resultado é a perda dos dentes.

ADULTO

Bem, agora a dentição permanente está completa. As mulheres, que sofrem de variações hormonais devido à menstruação, gravidez e menopausa estão mais propensas às cáries e problemas gengivais.

Principais cuidados:

– Seguir as mesmas recomendações para os adolescentes.

Problemas mais comuns

– Cáries;
– Gengivite;
– Doença periodontal;
– Câncer de boca;
– Bruxismo;
– Problemas localizados na boca devido ao uso de certos medicamentos.

IDOSOS

Nesta faixa etária o desgaste de dentes é bastante comum.

Principais cuidados:

– Não consumir doces;
– Manter a higiene bucal constante;
– Evitar alimentos ácidos e refrigerantes à base de cola;
– Procurar o especialista assim que notar alguma alteração tantos nos dentes como na boca.

Problemas mais comuns:

– Equivale a dos adultos.

Cuidar da saúde bucal não é tão difícil assim. Não vacile!

Publicidade

Comente