Como manter a postura no ambiente de trabalho

Manter a postura no local do trabalho é algo que não precisa constar em nenhum manual. Porém há muitas pessoas que esquecem algumas regrinhas básicas de convivência. Para que isso não aconteça, confira o texto a seguir e veja como manter a postura no ambiente de trabalho.

Você já deve ter trabalhado – ou trabalha – com vários tipos de pessoas. Algumas são explosivas, outras mais caladas, e também há o grupo dos extrovertidos. Porém, independente da personalidade de cada um, todos devemos manter um comportamento digno ante colegas e chefia. Evidentemente não é sempre isso que vemos. É bem frequente escutarmos relatos acerca de pessoas que extrapolam durante o expediente, provocando muitos constrangimentos. Leia o texto abaixo e veja como manter a postura no local de trabalho.

postura-profissional

Publicidade

– Pessoas descontroladas correm sério risco de porem suas carreiras por água abaixo por conta de sua instabilidade emocional. Ninguém resolve assunto nenhum aos gritos. Em situações como essa, cabe deixar o colega extravasar até que se acalme. Não entre no jogo e não perca a razão. Deixe isso para ele;

– Respeitar a hierarquia é fundamental para manter a carreira. Forçar alguma aproximação com os chefes pode ser um tiro no pé. O colega “puxa-saco” tem tudo para se dar mal;

– Colegas que têm mania de se intrometerem no trabalho dos outros nunca são benquistos. Além disso, muitos possuem o péssimo hábito de acharem que entendem de tudo e, pior, poderiam fazer o trabalho muito melhor que os demais. Pessoas assim não têm vida muito longa na empresa. Se você está se sentindo incomodado por alguma situação semelhante a essa descrita, leve o assunto aos seus superiores antes que a indisposição com o colega tome vulto;

Publicidade

– Nunca deixe para fazer amanhã o que você pode fazer hoje. Empresas que trabalham com metas não vêem com bons olhos quando um colaborador protela o seu serviço. Fique sempre atento aos prazos, mantenha o foco e não se distraia batendo papo com os colegas durante o expediente. Não cumprir os objetivos propostos irá gerar um acúmulo de trabalho e muito provavelmente você terá que correr muito para dar conta;

– Assumir os erros cometidos é muito mais digno do que jogar a culpa nas costas de um colega ou na falha do sistema. Errar é humano e só erra quem trabalha. Eventos como esse servem como lição para nas próximas vezes estarmos mais atentos e concentrados no serviço. Quando acontecer um fato assim, assuma e tente reparar os danos. Nessas situações, o bom profissional sempre obtém apoio da chefia e dos demais colegas;

– O ambiente de trabalho pede discrição. Fazer fofoca, colocar apelidos, abusar de palavras chulas e fazer brincadeirinhas de mau gosto com os colegas não fica bem. Isso não significa que devemos todos trabalhar com o semblante sério, mas o bom senso e o respeito vêm em primeiro lugar.

Publicidade

Comente