Como manter o álcool longe de seus filhos

Saiba como manter o álcool longe de seus filhos e de sua casa através de algumas dicas. Saiba mais.

É comum o consumo de bebidas alcoólicas é comum entre os jovens. Entretanto, o risco de desenvolvimento do vício e de dependência desde cedo é grande, e pode se agravar com o tempo.

Publicidade

No Brasil, a idade média em que os jovens consomem álcool pela primeira vez é de 12,5 anos, e esse número está diminuindo a cada dia. E o mais alarmante é que esse primeiro contato com a bebida começa em casa, através do comportamento dos pais ou mesmo pela influência de familiares. Abaixo conheça algumas dicas para manter o álcool longe de seus filhos e evite que esse problema seja maior futuramente.

Preocupação redobrada

· Não é apenas a queda da idade por quem consome álcool que preocupa os especialistas. A quantidade ingerida também é motivo de alarde. Porque geralmente quando os adolescentes bebem exageram bastante e acabam apresentando episódios de abuso graves.

· O número de jovens com problemas relacionados ao consumo desenfreado do álcool, atendidos no Hospital Israelita Albert Einstein, aumentou tanto que um programa foi criado exclusivamente para o tratamento deles.

Publicidade

Como começa

· A falta de apoio da família e o comportamento permissivo de muitos pais perante as drogas facilitam no aumento de índice de adolescentes com problemas relacionados ao álcool.

· Do mesmo modo, a influência negativa de amigos só piora o quadro. Os jovens dão muita importância ao que os amigos fazem e falam, e para pertencer ao grupo pode significar agir da forma como os demais agem, mesmo ele não querendo.

Previna o problema

· Talvez seja necessário impedir que os filhos saiam com os amigos, como sendo uma forma de adverti-los que a questão é séria e merece atenção.

· Os pais também podem estimular o filho a levar seus amigos em casa para que possam ver de perto o tipo de companhia que ele convive. Tenha conhecimento de onde o seu filho anda, com quem anda e quando houver festas, vá buscá-los para ver como eles estão.

Tratamento multidisciplinar

· O combate ao uso abusivo de álcool envolve tanto os familiares quanto a escola, com o objetivo de fornecer modelos e orientar os jovens para que possam diferenciar o que é um hábito saudável daquilo que pode os prejudicar, sendo a melhor forma de manter o álcool longe dos filhos.

· Se o consumo da bebida alcoólica começar a causar prejuízos na vida do adolescente em geral, talvez seja a hora de procurar por ajuda profissional, com acompanhamento médico e psicológico.

Publicidade

Comente