Como modelar sua barriga

Não espere o calor chegar para eliminar a barriguinha. Comece agora e chegue em forma no verão.

Barriga saliente é um mal que atormenta 10 entre 10 mulheres, principalmente quando o verão se aproxima. Esse é o resultado da pouca ingestão de fibras e abuso de bebidas gasosas, doces e frituras. Má postura e falta de exercícios físicos também são responsáveis. Muita gente ainda se engana acreditando que somente fazer abdominais irá resolver a questão. Ledo engano. A prática desse exercício enrijece os músculos, mas a gordura permanecerá debaixo deles. Não espere o verão chegar para adotar hábitos que podem reduzir bastante as gordurinhas na barriga. Confira as dicas:

Publicidade

– Beber líquidos entre as refeições prejudica a digestão e incha a barriga. Os alimentos ficam estacionados no estômago e nos intestinos. Isso causa inchaço pela concentração de gases e dilatação das alças intestinais;

– Ponha o intestino a funcionar colocando fibras na sua dieta;

– As fibras das hortaliças ajudam a manter o peso e as taxas de colesterol nos níveis normais. Portanto invista nas saladas cruas;

Publicidade

– Os peixes de águas profundas (salmão, atum, bacalhau e sardinha) são ricos em ômega 3. Ao ingeri-los você afasta o risco de ter uma coronária obstruída e se livra das gorduras no abdômen;

– Beber vinho tinto ajuda os vasos sanguíneos a se dilatarem, aumenta a libido e faz com que você se sinta muito bem. O recomendado é tomar no máximo um cálice de vinho por dia;

– Mantenha a postura. Contraia o abdômen constantemente e logo você verá e sentirá a diferença;

– Bebidas gasosas são um veneno para quem está interessado em perder a barriga. Os gases ficam acumulados no tubo digestivo, causando inchaço;

– Cerveja e chope também dilatam o estômago. O ideal é não tomar. Porém caso seja difícil você parar totalmente, beba no máximo uma garrafa grande por semana;

– Maneire no consumo de leite e queijos. Eles aumentam a flora bacteriana, estimulando a produção de gases e muco no tubo digestivo;

– Se você está mesmo disposto a acabar com sua barriga, afaste do seu cardápio petiscos, bifes à milanesa, o composto de arroz-feijão-carne-batata-farofa, empadão de carne, pizzas calabresas e portuguesas e todas as frituras e gorduras que pousarem no seu prato. Resista à tentação antes que perder a barriga se torne uma tarefa árdua demais.

Lembre-se no entanto que a forma do seu corpo é uma herança genética. Mesmo praticando exercícios e criando músculos, nada vai alterar o seu tipo físico. Consulte um nutricionista para lhe dar todas as orientações e elaborar um cardápio, e frequente uma academia para potencializar os resultados.

Publicidade

Comente