Como montar um restaurante

Quem quer entrar na área da gastronomia deve saber que não basta apenas cozinhar bem e ter vontade de ser seu próprio chefe. É preciso muito mais. Conheça as dicas e aprenda como montar um restaurante de sucesso.

Para se tornar um empreendedor não basta apenas ter aptidão para o negócio. Muitas pessoas abrem suas empresas com pouquíssima noção de planejamento, custos e gestão. E o resultado é que em pouco tempo o negócio passa a dar prejuízo e acaba tendo que ser encerrado. Nesse caso, antes de você se aventurar a abrir um restaurante, por menor que ele seja, é de fundamental importância que se faça um planejamento. A parte financeira também deve ser bem pensada. É necessário que você saiba quanto vai custar a operação e como fazer o negócio dar lucro. Siga as dicas abaixo e veja como montar um restaurante e fazer dele um sucesso:

Publicidade

– Antes de abrir seu negócio, é importante que você preste atenção no empreendimento dos outros. Analise todos os aspectos. Nos restaurantes que você freqüenta observe o que você acha ruim para evitar que aconteça o mesmo no seu. Quando se perde um cliente nessa área é muito difícil que ele volte. E certamente esse mesmo cliente o recomendará mal aos conhecidos;

– Quem monta um restaurante deve estar bem atento às leis que regem essa área. Os cuidados que precisam ser seguidos em relação à conservação da comida nunca devem relaxar;

– Restaurantes abertos em pontos comerciais devem obedecer às regras da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Consulte o site da prefeitura da sua cidade e fique por dentro delas. A situação muda um pouco para aquelas pessoas que atuam de maneira informal. Nesse caso estão incluídos quem prepara salgadinhos para festas, comida congelada, etc. Esses empreendedores não são ilegais, porém o recomendado é que se formalizem como MEI (Microempreendor Individual). Para esses ainda não existem normas da Anvisa. Mesmo assim, os cuidados devem ser os mesmos.

Publicidade

Para manter tudo funcionando direitinho, siga o manual de boas práticas na cozinha. Confira quais são elas:

– Para início de conversa, você deve preparar os alimentos em um lugar especialmente adaptado para isso. O ambiente precisa estar sempre arejado e com boa luz. Instale telas nas janelas a fim de impedir a entrada de insetos. As paredes e os pisos devem ser fáceis de lavar e ponha um piso antiderrapante;

– Você também deve seguir normas de higiene. Os cabelos devem estar sempre presos por uma touca, as unhas limpas, bem feitas e sem esmalte. Evite a maquiagem e o uso de acessórios enquanto estiver no preparo dos alimentos;

– Sempre mantenha as mãos limpas a cada troca de função ou atividade na cozinha. O sabonete deve ser antisséptico, sem cheiro e sem hidratante;

– Para saber se a temperatura dos alimentos está no ponto ideal, mantenha sempre um termômetro perto de você;

– Informe-se, faça cursos, procure estar sempre atenta à fiscalização, normas de higiene e o tempo que cada alimento pode ficar guardado depois de pronto. As visitas da Vigilância Sanitária são de surpresa e se você for pega cometendo algum tipo de irregularidade, a penalidade pode ser uma multa, advertência e em casos mais graves, o fechamento do estabelecimento. Pessoas que exercem suas atividades em casa não recebem a visita de fiscais. Mas isso não é motivo para relaxar, não é mesmo?

Invista no seu talento, mas não se esqueça das suas obrigações.

Publicidade

Comente