Como pintar metal

Confira as dicas para pintar corretamente suas peças de metal.

A pintura de metais é diferente de qualquer outro tipo de superfície. O grande problema deste tipo de pintura está no descascamento da tinta. Muita gente pensa que isso se deve pela qualidade da tinta ou pela forma com que você a aplica no metal. Na verdade, o grande segredo está na preparação do metal, ou seja, saber deixar a superfície do metal o mais lisa possível, sem marcas, ferrugens ou sujeira. Uma vez feito isso, o processo de pintura será simplificado e o resultado final será o mais profissional possível.

Publicidade

Passo a passo

O primeiro passo antes de iniciar a pintura do metal é a remoção de toda sujeira e da ferrugem. Para remover a ferrugem utilize uma escova própria para isso e depois, com um aspirador em pó, remova o excesso, de forma que não sobre nenhum resíduo.

Agora é necessário tirar a antiga tinta com a ajuda de uma lixa. Você precisará lixar todo o metal. Depois disso, limpe bem o metal com um pano seco. Se necessário, utilize um pano com álcool, pois a gordura presente nos metais precisa ser removida por completo. Se não for suficiente o álcool, faça uma mistura com água e sabão em pó, e lave completamente o metal.

É importante que você escolha um dia seco, pois quando o ar está úmido, como dias chuvosos ou com neblina, a umidade irá ficar sobre a pintura, causando novamente as ferrugens que você já tinha eliminado.

Publicidade

Agora você vai precisar de uma tinta própria para a pintura de metais. Para garantir um efeito mais profissional opte sempre pelos sprays próprios para esse tipo de material. Se você utilizar rolos ou pincéis, não conseguirá o acabamento desejado, pois metais possuem muitas deformidades.

Utilize fitas adesivas para tapar aqueles locais que você não deseja pintar, como as maçanetas ou puxadores. Para evitar pingos no chão, é importante também forrá-lo com papelão.

O momento da secagem é importante. Deixe o metal intacto por no mínimo 24 horas para que ele fique completamente seco, evitando acidentes.

Outra dica interessante é utilizar a mesma cor que o metal possuía, para que dessa forma você economize em tinta, já que não precisará passar várias camadas.

Outro ponto a analisar é o tipo de tinta, se é fosca ou com brilho. Isso vai depender do ambiente interno que você possui e da combinação que você quer fazer. Sempre que precisar dar algum retoque, utilize o mesmo tipo de acabamento.

Publicidade

Comente