Como preparar a lancheira dos seus filhos?

Prepare uma lancheira saudável para seu filho levar à escola.

As cantinas das escolas geralmente não oferecem opções saudáveis para as crianças. Inclusive há um projeto de lei em andamento visando proibir a venda de refrigerantes, chicletes, balas, frituras e alimentos industrializados que são ricos em gordura trans, sal e gordura saturada. Alguns lugares já têm oferecidos lanches mais saudáveis para as crianças, mas o controle começa em casa.

Publicidade

É fundamental que os pais esclareçam seus filhos sobre a importância de uma boa alimentação. É normal haver alguma negociação para que uma vez por semana pelo menos fiquem liberados para comer os alimentos “proibidos”. A dica é escolher o “menos ruim”.

Por exemplo, entre comer uma coxinha frita ou um pão de batata assado, melhor optar pelo último. Pão de queijo é outra boa escolha, pois possui menos teor de gordura. Vale também na reunião dos pais na escola propor que a cantina ofereça alimentos mais saudáveis, como salgados assados e sucos.

Para o lanche ser equilibrado, a lancheira deve conter variedades de alimentos como líquido (de preferência água), alimento sólido com carboidrato e uma fruta da estação. A água pode ser substituída por iogurte ou alguma bebida com leite. Sucos não são recomendados já que aumentam demais o consumo de açúcar sem que os pais se deem conta.

Publicidade

Para facilitar a vida das mães, invista em sanduíches com peito de peru e queijo branco. Uma fatia de bolo caseiro simples, sem cobertura e recheio também cai bem para variar com o sanduba.

Veja agora como preparar cada lancheira de acordo com o perfil do seu filhote:

CAFÉ DA MANHÃ EM CASA E ESTUDA PELA MANHÃ

Segundo os especialistas, esta é a situação ideal. A criança toma um café bem nutritivo e no meio da manhã basta um lanche menor: líquido, alimento sólido com carboidrato e a fruta. Quando eles são pequenos, ainda dá para escolher o que pôr na lancheira, mas quando ficam mais velhos, a conversa é maior. Libere uma vez por semana uma guloseima como bolo com recheio, de preferência sem muita gordura. Assim seu filho cria a noção de que não é bom para a saúde comer “porcarias” todos os dias.

REJEITA O CAFÉ DA MANHÃ E VAI PARA A ESCOLA

Este é um problema para muitas mães. Não dá para forçar, mas aos poucos incentive seu filho a tentar se alimentar com coisas leves como iogurte. Coloque uma fruta a mais na lancheira para que ele coma durante o trajeto para a escola. Reforce o sanduíche colocando mais recheio.

ALMOÇA EM CASA E ESTUDA DE TARDE

Invista em um almoço leve com grãos, arroz ou batata, verduras, carne ou ovos. O conteúdo da lancheira permanece o mesmo.

ADOLESCÊNCIA

Nesta fase é um pouco difícil controlar o que eles comem. A tendência é que jovens desta idade consumam todas as besteiras possíveis. Converse com seu filho e tente convencê-lo que comer frituras e beber refrigerantes diariamente não faz nada bem para a saúde. E frequentar a cantina com frequência também sai caro. O bom senso deve prevalecer.

 

Publicidade

Comente