Como preparar marmitas saudáveis para o trabalho

Levar marmita para o trabalho é mais saudável que almoçar em um restaurante a quilo. Veja como prepará-las.

Realmente não é muito prático preparar uma quentinha todos os dias para levar ao trabalho. Mas segundo os nutricionistas, é bem mais saudável. Um buffet de restaurante oferece muitas coisas boas, mas nem sempre nutritivas. Refeições preparadas com muita gordura, verduras e legumes mal lavados são riscos que todos corremos quando almoçamos fora. E a visão da mesa de sobremesas requer um esforço muito grande para não sair da dieta. Nada melhor, portanto, que levar a comida pronta de casa, desde que preparadas com ingredientes saudáveis.

Publicidade

Mas para preparar uma marmitinha de acordo com o que os nutricionistas pregam alguns cuidados precisam ser observados. Veja quais são eles:

– Muitas pessoas preferem preparar a marmita na véspera para não perder tempo na manhã do dia seguinte. Nem sempre isso dá certo. Alguns alimentos têm prejudicados seu sabor e textura e as carnes sem molho podem ressecar. Acorde um pouquinho mais cedo e garanta um almoço mais saboroso;

– Guarde sua marmita em um local bem refrigerado. No freezer não é aconselhado, pois no momento de descongelar a comida pode estragar;

Publicidade

– Não deixe sua marmita ficar sem refrigeração por mais de uma hora. Durante o percurso até seu trabalho é recomendado o uso de uma lancheira ou bolsa térmica;

– Anote o que você deve colocar na sua marmita para que ela fique bem saudável. Carboidratos como arroz integral, mandioca ou macarrão. Eles serão úteis para lhe deixar com disposição para enfrentar o estresse do dia-a-dia. Inclua feijão, lentilha e grão de bico, ricos em proteínas, ferros e fibras. Porém, não consuma além do necessário, pois são alimentos que produzem gases. Carne branca e magras contém proteínas, ferro e vitaminas. Verduras não podem faltar na sua marmita, portanto vá de brócolis e couve;

– Procure evitar alimentos que farão mal ao seu organismo a curto, médio e longo prazo. São eles: pele de frango, carnes gordas, queijos e frituras. Cuidado com alimentos que contém cenoura, já que eles são mais fáceis de estragar. E cuidado com a salmonela! Não leve ovos, peixes, crustáceos, maionese, frango com osso e molhos à base de leite.

Você sabia que é possível faturar com as marmitas? Ao invés de preparar a marmita para você, faça para os outros e ganhe uma graninha extra. Para investir em um negócio lucrativo desses, o cuidado no preparo e armazenamento é essencial. Os produtos devem ter boa procedência e qualidade, e o lugar onde forem preparados deve estar sempre higienizado. Use embalagens de alumínio excelentes para preservar a comida, além de serem recicláveis.

Faça da sua marmita uma parceira mais frequente!

Publicidade

Comente