Como proceder em casos de desaparecimento

Casos de crianças desaparecidas são cada vez mais comuns no Brasil. Veja como proceder nessas situações.

Os casos de desaparecimento de crianças e adolescentes podem estar relacionados a uma simples fuga. Ou, pior ainda, pelo tráfico infantil para venda de órgãos, trabalho escravo, prostituição e adoção ilegal. Geralmente os sumiços ocorrem quando os pequenos estão sozinhos em lugares de grande aglomeração de pessoas. O Estatuto da Criança e do Adolescente determina investigação imediata assim que for registrado o desaparecimento. Você não precisa esperar 24 horas para registrar ocorrência. Quanto mais rápido a polícia for comunicada, as chances de encontrar a criança aumentarão.

Publicidade

Atitudes simples tomadas no dia-a-dia são capazes de diminuir os perigos que nossos filhos encontram na rua. Veja quais são elas:

– Durante o passeio fique sempre de olho no seu filho. Um simples descuido pode ser decisivo;

– Conheça os amigos dos seus filhos, onde eles moram e as ocupações dos seus pais. Só os deixe freqüentar a casa de outras crianças quando você já conhecer a família deles;

Publicidade

– Em passeios escolares ou em lugares com muita concentração de pessoas, mantenha sempre junto a seu filho algum tipo de identificação. Pode ser uma pulseira ou um crachá que conste o nome da criança, dos pais e telefone;

– Grave a roupa que seu filho está vestindo sempre que ele sair de casa;

– Mantenha fotos atualizadas do seu filho em sua guarda;

– Controle as idas e vindas da criança. Na escola deixe o nome do(s) responsável(s) para buscá-lo ou informe a direção quem irá caso os pais estejam impossibilitados;

– Se ele for mais crescidinho incentive-o a gravar alguns números de telefone para que em caso de urgência possa entrar em contato;

– Jamais deixe seu filho com pessoas desconhecidas. São nessas ocasiões que acontecem a maioria dos desaparecimentos;

Se o desaparecimento já ocorreu, tome as seguintes medidas:

– Avise a polícia assim que constatar o sumiço;

– A criança pode simplesmente estar perdida e retornar ao lugar de onde desapareceu. É importante manter algum adulto no local, aguardando-a;

– Mantenha todos os telefones ligados e desocupados para caso alguém ligar dando informações;

– Peça auxílio aos amigos. A criança pode ter o discernimento de procurar algum parente ou pessoa mais próxima;

– Divulgue as fotos dele em redes sociais ou em sites que podem ser úteis nesse caso: www.desaparecidosdobrasil.org, www.fundacaocrianca.org.br e www.fia.rs.gov.br.

– Faça uma busca em todos os lugares que ele conhece e gosta de passear.

São medidas simples, mas que fazem muita diferença. Proteja seus filhos.

Publicidade

Comente