Como proceder quando a menstruação não vem

Nem sempre é gravidez se a menstruação atrasa. Leia as dicas e se informe como agir nestes casos.

A data chegou, passou e nada de menstruar. Grande parte das mulheres pensa na primeira coisa que vem à mente. Gravidez. Mas nem sempre é isto. Muitos fatores podem alterar o ciclo menstrual e geralmente não costuma ser grave. De qualquer forma, atrasos menstruais de pelo menos dois meses não podem ser ignorados. A saída é procurar o médico e diagnosticar o mais rápido possível a causa do problema. Leia o que pode atrasar sua menstruação e como proceder quando ela não vem na data certa.

Publicidade

CISTOS OVARIANOS OU OVÁRIOS POLICÍSTICOS

Este é um problema que atingem entre 5% a 10% de mulheres em idade fértil. Neste caso, há uma produção de hormônios masculinos que podem impedir a mulher de ovular.

Sintomas de ovários policísticos são ausência da menstruação, elevação do peso, aparecimento de pelo no rosto e dor na região do abdômen. Uma simples ecografia diagnostica o problema, que pode ser resolvido com anticoncepcional indicado pelo médico.

USO DE MEDICAMENTOS

Corticoides e antidepressivos podem mexer com seu ciclo menstrual, ainda que na bula não diga nada a respeito. Caso você precise fazer uso de alguma nova medicação, informe seu ginecologista, pois alguns remédios podem ter interação entre eles.

Publicidade

ESTRESSE

Sim, o estresse além de todos os problemas que ele pode causar no nosso organismo, também pode interferir no ciclo menstrual. Quando a mulher está muito estressada, a produção do cortisol aumenta e a ovulação para.

OBESIDADE

As células adiposas são as fontes do estrogênio, o hormônio responsável pela ovulação. A gordura a mais faz com que o corpo entenda que há um fluxo constante de estrogênio e não manda o sinal para ovular. A menstruação para, causando uma confusão hormonal. Emagrecer é a melhor saída.

PESO BAIXO

O Inverso também acontece. Mulheres abaixo do peso normal também sofrem com a amenorreia (ausência de menstruação). Pouca gordura no corpo cessa a produção necessária do estrogênio para o ciclo menstrual vir reguladinho. A ovulação não acontece e a menstruação não desce.

TIREOIDE

Felizmente é um problema fácil de ser identificado com um simples exame de sangue. Quando a tireoide produz pouco ou em excesso os hormônios T3 e T4, mexe com a ovulação e com a menstruação. Com os medicamentos certos os hormônios ficam regulados e você volta a ter uma vida normal.

MÉTODOS CONTRACEPTIVOS

Iniciar ou interromper métodos contraceptivos podem ser a origem do problema. Anticoncepcionais como DIU (com hormônio), pílulas e anel vaginal possuem hormônios como progesterona ou estrogênio. Se houver problemas com seu ciclo menstrual, relate ao se médico e busque outro método conceptivo.

Na maioria das vezes, o problema é hormonal. Então não se apavore. Muitas mulheres imaginam que deixaram de ser férteis, o que não é verdade. Na maioria das vezes a situação é facilmente resolvida.

Publicidade

Comente