Como proteger seu filho na balada

Seu filho curte sair à noite? Leia o texto abaixo e veja como proteger seu filho na balada.

Ele cresceu. Seu garotinho que até a algum tempo brincava de videogame, agora só quer saber de festas. E o que é pior: festas que varam a madrugada. Para os pais esse é um momento de quase pânico. É difícil não conhecer alguém que não tenha passado a noite em claro, sem pregar o olho, esperando os filhos voltarem. Entretanto, com algumas medidas simples, você pode se sentir mais descansada enquanto seu filho sai para curtir a noite. Leia as dicas abaixo e veja como proteger seu filho na balada:

Publicidade

– A tão esperada noite de festa chegou. Mas os preparativos para levar ou trazer seu filho já devem estar prontos. Quando é em turma, geralmente um pai se oferece para levar todos e outro é escalado para buscar. É importante que todos os pais se conheçam e possam ter liberdade para combinar todos os passos uns com os outros. A turma também deve colaborar. O horário marcado para sair da festa deve ser respeitado;

– Para não correr o risco de um ou mais pais ficarem sobrecarregados, combinem um revezamento entre aqueles que têm carro e disponibilidade para buscar os adolescentes no local da festa;

– Alerte seu filho sobre os riscos de beber demais. Ele pode até não curtir álcool, mas ao ver os amigos bebendo, pode querer fazer o mesmo para se sentir parte do grupo. Não raro, muitos adolescentes, praticamente crianças, bebem além da conta sem ter noção do perigo que isso representa. Antes de o seu filho sair para a festa, chame para uma conversa séria. Lembre-o que beber faz mal para a saúde e ficar bêbado é muito feio;

Publicidade

– Bebida e direção não combinam. Se um amigo do seu filho já tem idade para dirigir e possui a carteira de habilitação, fique alerta, principalmente se for ele o escalado para ser o motorista da turma. Esse, em hipótese alguma, deve abusar do álcool. Mas caso isso aconteça, seu filho precisa ter personalidade o suficiente para rejeitar a carona e escolher outro meio de transporte, mesmo que o trajeto seja curto. Os riscos são os mesmos, nunca abuse da sorte.

– Para evitar situações como a descritas acima, deixe com seu filho sempre um dinheirinho extra para o táxi, caso você mesma não possa se deslocar até o local para buscá-lo;

– Dormir na casa de algum amigo é bastante comum, ainda mais quando o local da festa é longe de casa. Para você se sentir mais segura, procure saber quem é o amigo e mantenha contato frequente com os pais dele, principalmente se o fato se repetir. É de bom tom oferecer sua casa também;

– Uma medida bastante comum hoje em dia é reunir a turma em casa. Além de ser bem mais seguro, você também fica de olho na garotada.

Ensine seu filho a ser responsável desde cedo.

Publicidade

Comente