Como proteger seus filhos de más companhias

Na juventude, os jovens precisam ter amigos e pertencerem a grupos para se sentirem aceitos. Mas você conhece os amigos do seu filho? Veja como proteger seus filhos de más companhias.

Deu uns tempos pra cá, seu filho mudou bastante. Antes era um menino família, bem educado e divertido. De repente a adolescência chegou e ele começou a ficar arredio, agressivo, chato e não tem te ouvido mais. Antes você era o foco, agora não passa de um relance na vida dele. Cuidado! Comece a prestar mais atenção em seu filho e se preocupar com as amizades dele.

Publicidade

Você conhece os amigos do seu filho? Se sim, e a família desse amigo? Veja algumas dicas de como proteger seus filhos de más companhias, não prendendo eles em casa ou agindo com violência contra eles, mas aprendendo a ter diálogo e procurando ser amigo dele para que ele não entre numa fria, por causa de más amizades.

Conheça os amigos dos seus filhos

Antes de deixar que seus filhos tragam os amigos em sua casa, procure saber pelo seu filho o máximo sobre eles. Quem é a família, telefone e endereço. Quando ele trouxer o amigo, observe as atitudes e como se refere as pessoas, se tudo é com educação e respeito. Pequenas atitudes podem revelar um bom ou péssimo amigo para seu filho, portanto é importante estar atento a todos os sinais.

Como saber se é um bom amigo para seu filho?

· Alguns sinais são importantes para você ter a certeza de que aquele amigo será uma boa influência para seu filho:

Publicidade

· Você e seu filho conhecem os pais do amigo e vice e versa. Isso é muito importante pois você sabe com quem seu filho está se relacionando e principalmente a família dele;

· Ele sempre trata você e sua família com respeito. Outro ponto de suma importância que deve ser levado muito em conta. Crianças ou adolescentes mal educados demonstram uma educação no lar desadequada e possivelmente maus relacionamentos;

· É uma criança ou jovem que não procura levar ou acompanhar seu filho em eventos onde haja pessoas ou coisas suspeitas. Outro ponto interessante. Algumas pessoas podem ser amigáveis a primeira vista, se comportar e respeitar a todos, porém pode levar seu filho para festas ou ao conhecimento de pessoas que são envolvidas com entorpecentes ou relacionamentos problemáticos. Fique de olho!

Converse com seu filho

O diálogo entre pais e filhos é primordial para livrar seu filho de más companhias. Converse sempre com ele num tom amigável e jovial, de modo que ele não se sinta envergonhado e nem se sinta pressionado a manter ou terminar uma amizade só porque você está querendo saber mais sobre seus amigos.

Deixe claro que seu interesse em saber mais sobre os amigos dele é porque é sua obrigação como pai e mãe em saber com quem seu filho anda. Além disso, deixe claro que tudo é por cuidado e amor, não uma forma de prendê-lo ou escolher os amigos dele, mas garantir sua segurança e bem estar.

Publicidade

Comente