Como resolver brigas de casal

Seu relacionamento está em crise? Veja como resolver da melhor maneira possível as brigas de casal.

Não existe relacionamento perfeito. Pequenas discussões e diferenças irão surgir o tempo todo durante uma vida a dois. Uma boa conversa pode resolver muitas situações. Porém, quando os assuntos não são resolvidos logo, isso certamente irá complicar o relacionamento. Antes que pequenas coisas se tornem uma bola de neve, veja como resolver as brigas de casal:

Publicidade

– Analise seu relacionamento. Quando surge algum problema, o casal senta para conversar? Ninguém tem o poder de adivinhação ou bola de cristal para saber o que o outro está sentindo.

De ambas as partes é preciso haver um mínimo de compreensão e comunicação. Evite que o problema se transforme em uma bola de neve por pouca coisa. Uma boa conversa, olho no olho, resolve grande parte dos problemas;

– O problema pode até ser pequeno, mas se o tom de voz sair elevado, a discussão toma dimensões bem maiores. Não grite. Não aumente o som da sua voz. Respire fundo e fale pausadamente. Para a voz sair calma e não tremer há uma técnica que vale a pena usar. Ao se pronunciar, mantenha a voz um tom mais baixo que o normal e ela sairá mais tranqüila;

Publicidade

– Alguém tem que ceder, não é mesmo? Disputas de poder dentro do relacionamento vão minando o amor aos poucos. Nem sempre dá para ganhar todas. Se você ou ele não baixar a guarda de vez em quando, as brigas serão sempre terríveis e dificilmente terão uma solução;

– Quando você casa com alguém, não tem jeito. Acaba convivendo com a família dele também. Sogras adoram se meter na vida do casal, seja de uma maneira mais suave ou exagerada. Desde o início avise que interferências na vida do casal não serão aceitas. Os problemas do par são resolvidos entre quatro paredes. Isso não significa que você jamais escutará uma opinião da sogra, da cunhada, do primo dele. Elas até podem ser bem-vindas. Mas deixe bem claro que os assuntos são resolvidos dentro de casa. Da sua casa. Uma regra básica a ser seguida é jamais falar mal dos parentes dele, pois isso irá gerar discussões mais cedo ou mais tarde e dará o direito de falarem mal dos seus familiares também;

– É aconselhado que desde o início do casamento as questões financeiras sejam bem resolvidas. Se a conta bancária for conjunta, nada de gastar além da conta e não avisar o parceiro. Brigas por questões financeiras podem acabar com um relacionamento, pois afinal não se vive apenas de amor. Quando a situação apertar por algum imprevisto, combinem até onde vai o limite de gastos e se adaptem ao novo orçamento;

– O sexo não está sendo satisfatório? Bem, não adianta fechar a cara e fingir dor de cabeça. Caso seu amor não esteja lhe satisfazendo ou esteja mais preocupado com outras questões, está na hora de virar o jogo. Invista em uma lingerie mais sexy ou o provoque mais. A mesma coisa vale para você. Se você anda em uma fase que não anda querendo saber muito do assunto, abra o olho. O que ele não encontra em casa, pode achar em outro lugar;

– Filhos sempre são motivos de discussão. Enquanto um dos parceiros é mais maleável na educação, o outro tem a tendência de ser mais rígido. Aí que começam todas as discussões. Encontre um meio termo para tudo, desde a aplicação dos castigos até a escola em que irá se matricular a criança. O consenso é a melhor solução.

Não permita que briguinhas causem desunião entre o casal. Invista no amor e na parceria.

Publicidade

Comente