Como retirar o amarelado de roupas brancas

Roupas brancas ficam amareladas pela falta de uso e pela adição de cloro na lavagem. Mas algumas dicas simples ajudam a recuperar o tom original.

Quando ficam muito tempo esquecidas nas gavetas, as roupas brancas tendem a apresentar um amarelado característico, com manchas mais fortes em alguns pontos.

Talvez elas fiquem “magoadas” por causa do esquecimento de seus donos. Mas alguns pequenos segredos domésticos ajudam a reverter a situação.

Publicidade

A primeira dica é dos tempos da vovó: quarar as roupas. Quarar significa lavar as roupas com muita espuma, deixar descansar por um dia inteiro, enxaguar e deixar secar ao sol. Mas nem todos tem este tempo todo para dedicar à lavagem de roupas.

Antes de lavar roupas amareladas, deixe-as de molho por alguns minutos em água e um pouco de leite gelado. O molho deve ser suficiente para cobrir as peças. Esfregue peças de tricô ou malha e as áreas mais manchadas com uma mistura de água oxigenada dez volumes (uma tampa do produto para um copo de água). Em seguida, lave e enxágue.

Publicidade

Outra opção para áreas manchadas é fazer uma pasta com vinagre de álcool branco e bicarbonato de sódio. Aplique sobre a mancha, aguarde uma hora e lave.

Se o tecido for mais resistente, como o de colchas e de algumas roupas, use alvejantes não clorados na lavagem, diretamente na máquina. Evite o uso de água sanitária, porque ela pode amarelar as peças brancas e prejudica a trama de tecidos mais delicados. Alvejantes não clorados são excelentes também para retirar manchas em roupas coloridas, mas é preciso que a lavagem seja feita em algumas horas após o “acidente”.

O limão também é excelente para acabar com o amarelado. Coloque água para ferver com o suco espremido ou algumas rodelas da fruta. Quando começar a ebulição, coloque as roupas amareladas, espere ferver de novo, desligue e deixe neste molho por duas horas. Lave em seguida e, para garantir um brilho extra, é preciso secar a roupa ao sol.

Peças mais delicadas requerem um pouco mais de trabalho. Envolva-as em papel alumínio, coloque água numa panela e, quando ferver, coloque as roupas envolvidas.

Quando a fervura levantar novamente (o que ocorre em um ou dois minutos), retire a roupa, deixe esfriar, escorra o excesso de água e coloque para secar. O bicarbonato de sódio é outra opção. Dissolva três colheres (de chá) para cada litro de água quente. Deixe de molho por 30 minutos e lave as peças em água fria.

Às vezes, a roupa fica amarelada no momento em que é passada a ferro. Se isto ocorrer, esfregue uma mistura de dois litros de água com uma colher (de café) de borato de sódio (encontrado em casas de produtos de limpeza). É preciso fazer isto imediatamente, para não perder a peça.

Para evitar o amarelado e as manchas, use sempre, nas lavagens, sabão de coco e alvejante não clorado. Na máquina de lavar, acrescente um copo (200ml) de álcool e três colheres (de chá) de bicarbonato de sódio.

Em caso de mofo, comum em armários de apartamentos mal ventilados e ensolarados, a solução é fazer uma solução de sal, vinagre e suco de limão, formando uma pasta. Aplica-se sobre os pontos mofados e é preciso deixar a mistura agir por uma hora. Em seguida, basta lavar.

Se a roupa for de pouco uso, como aquela calça branca que só sai do armário no Réveillon, embale-a num saco plástico colorido, que impeça a ação da luz. O branco será mantido. A luminosidade nas roupas brancas deve ser evitada assim que elas estão secas.

Publicidade

Comente