Como sair de relacionamento com a cabeça erguida

Não é fácil terminar um namoro. Se o seu relacionamento chegou ao fim, veja como manter a cabeça erguida.

Acabar o relacionamento já é ruim, mas quando foi a outra parte que decidiu por isso, a dor é bem maior. Infelizmente ninguém está livre e sofrer de amor é bastante comum. Humilhar-se não. Manter a cabeça erguida é fundamental. Valorize-se. Leia as dicas abaixo e veja como superar o fim do seu namoro:

Publicidade

– Se você levou um pé na bunda é porque simplesmente o cara não está nem um pouco mais afim de você. Pior, pode ser até que já esteja com outra. Então sossegue. Não mande mensagens e nem fique ligando todos os dias intimando-o para conversarem. Você irá se tornar chata e inconveniente aos olhos dele. É essa a lembrança que você pretende deixar? Respire fundo, chore todas as suas lágrimas e parta para a outra. Delete o número dele do seu celular. Esse é primeiro passo para ir acabando com as lembranças;

– O Facebook dele certamente lhe dará pistas ou mostrará abertamente o que seu ex anda fazendo ou com quem anda saindo. Ficar fuçando na página dele irá aumentar seu sofrimento. Imagina descobrir fotos das festas que ele frequenta, sempre bem acompanhado? Vai doer muito, não é? A melhor saída é excluir ou bloqueá-lo de vez. Mude seu status de relacionamento para “solteiro” e quem sabe você não encontra outros fãs rapidinho?

– Não constranja seus amigos e os dele pedindo notícias ou querendo saber com quem ele anda. Isso é muita humilhação. Banque a indiferente, mesmo que você esteja se corroendo por dentro. Claro, é bem difícil, mas você precisa primeiro gostar de si mesma;

Publicidade

– Ficar em casa chorando não vai resolver nada. Enquanto ele se diverte, você vai ficar em casa às lágrimas, se remoendo na dor e comendo quilos de chocolate? Nada disso. Levante da cama e ligue para suas amigas. Ficar na fossa não irá resolver seu problema. O telefone não irá tocar. Mude o visual, compre roupas novas, programe-se para sair. A vida de solteira é bem bacana também;

– Não viva no passado. Tente bloquear seus pensamentos cada vez que seu ex surgir na sua mente. É bom relembrar os momentos alegres passados com ele, mas quando isso se torna uma rotina também pode levar você à depressão;

– Não banque a detetive. Nem imagine em começar a segui-lo e fazer tocaia nos lugares que ele costuma freqüentar. Também não arquitete nenhum tipo de vingança como arranhar o carro ou furar os pneus. É claro que seu ex saberá que foi você e isso acabará com qualquer chance de um possível retorno;

– Faça uma análise do seu relacionamento. Seu ex-namorado lhe dava atenção suficiente? Era bom companheiro ou não estava presente quando você precisava? O namoro de vocês tinha mesmo futuro? Pense bem. Talvez você tenha se livrado de uma mala e ainda não tenha se dado conta.
Está na hora de você começar a se amar também. Valorize-se!

Publicidade

Comente