Como se livrar do calor excessivo

Ainda faltam alguns meses para o verão voltar, mesmo assim leia as dicas para não sofrer com ele outra vez.

O último verão foi impiedoso com os brasileiros. Em muitos lugares as temperaturas passaram dos 40 graus. Para não sofrer demais com as altas temperaturas, leia as dicas abaixo e passe dias mais confortáveis:

Publicidade

– Naqueles dias de muito calor, experimente fechar as persianas e deixar os vidros abertos. Com as persianas baixas, é impedida a entrada dos raios solares.

Você já deve ter reparado que em lugares que faz calor o ano inteiro, é comum ver nos prédios janelas com lâminas de papel-alumínio fixas na parte interna dos vidros. Mas ao contrário do que muitos imaginam, isto em nada colabora para melhorar a situação. Pelo contrário, o calor aumenta. As lâminas formam no ambiente algo parecido como uma estufa, já que o vidro fechado barra a saída do calor que entra pela radiação;

– Dormir no calor é algo difícil. Para ajudar nessa tarefa que se torna árdua, opte por roupa de cama branca. Tecidos estampados se tornam pesados e causa uma maior sensação de calor. Aposte também naquele lençol bem usadinho e que já ficou fino de tanto passar pela máquina de lavar roupa. Pois ele é o ideal para usar naquelas noites de calor intenso. Não o jogue fora!

Publicidade

– Suas cortinas podem ajudar a aumentar o calor. Por isso, remova os forros de todas as cortinas que você tiver em casa. Gabardine e tergal podem enfeitar sua casa, mas em compensação impedem a troca de ar com o ambiente externo. Resultado: muito calor. Porém, se os forros forem de renda ou voil não há problema nenhum, pois eles são mais leves e permitem que o ar circule;

– Quem não tem ar-condicionado sofre muito mais. Mas preste atenção nesta ótima dica. O ar quente se concentra próximo ao teto. A solução é posicionar um ventilador no quarto acima de um móvel. É criado algo parecido com um exaustor que mandará o ar quente para fora da sua casa. Tenha o cuidado de desligar o ventilador quando sair de casa e mantê-lo longe dos tecidos enquanto estiver em uso;

– Lâmpadas aumentam o calor, portanto evite as incandescentes. Passe a usar as fluorescentes compactas. Gasta-se menos energia e esquentam menos. Logo você sentirá a diferença.

Conheça agora a diferença entre climatizador e ar-condicionado:

CLIMATIZADOR

Sua função é regular a umidade. A água evapora fazendo com que a temperatura caia. Não possui sistema de refrigeração. É mais acessível e pode ser colocado em qualquer peça da casa. Gasta bem menos energia, em compensação não vale muito a pena em cidades muito quentes e úmidas.

AR-CONDICIONADO

O aparelho joga o ar quente do lugar para fora, refrescando o ar externo antes de ele voltar ao ambiente. Possui sistema refrigerador. Custa mais caro e na instalação é preciso quebrar paredes. Apesar de a conta de luz vir mais alta, é o preferido dos consumidores.

Publicidade

Comente