Como se livrar dos incômodos da menopausa

Ela é um bicho papão para a maioria das mulheres, mas os efeitos da menopausa podem ser amenizados. Confira como lendo o texto abaixo.

Não adianta tentar escapar. Por volta dos 45 anos ela começa a das seus sinais. Para algumas mulheres a menopausa vem ainda mais cedo. Com esse fenômeno também surgem muitos incômodos e dúvidas. Antes, porém, a mulher passa pelo climatério. É a fase em que o corpo começa a se preparar para a chegada da menopausa. A idade varia, podendo, para muitas mulheres, iniciar antes dos quarenta anos. Nessa etapa, a menstruação começa a ficar irregular. É importante salientar que isso não significa que a mulher está infértil. Muitas se descuidam e acham que não vão mais engravidar nessa fase. É justamente aí que muitas gestações acontecem. É mais difícil, mas não impossível. Quando a menstruação se alterar sem motivo nenhum aparente, é muito importante que a mulher procure um médico para apurar as causas. Se os famosos e famigerados fogachos acompanham as alterações menstruais, então é praticamente certo que a menopausa está a caminho.

Publicidade

Os principais sintomas da menopausa são insônia, pele ressecada, ossos enfraquecidos (cuidado com a osteoporose) e mucosa vaginal pouco lubrificada. A gordura passa a se concentrar mais na cintura e na barriga e algumas mulheres podem sentir sinais de depressão. Já outras não sentem quase nada. Portanto, como você pode ver, os sintomas variam de mulher para mulher. Os calorões sentidos nessa fase são muito desconfortáveis. Eles chegam de repente, em ondas, subindo pelo pescoço e rosto. E depois simplesmente o fogacho some.

Todos esses incômodos podem ser atenuados. Para isso é muito importante seguir uma vida saudável antes ainda de a menopausa chegar. Inclua no pacote alimentar-se saudavelmente, praticar exercícios físicos e abolir de vez hábitos como fumo e bebidas alcoólicas. Manter o peso dentro do ideal para seu tipo físico também é uma medida muito importante.

Na consulta com o médico, depois de avaliado o caso, o tratamento recomendado é reposição hormonal para aliviar os sintomas descritos acima. O tratamento é feito através de comprimidos, injeções, adesivos ou cremes vaginais. Mas atenção. Nem todas as mulheres podem fazer a reposição. Quem está obesa, tem diabete, é hipertensa ou possui histórico de câncer de mama na família pode buscar alívio em medicamentos preparados à base de plantas medicinais.

Publicidade

Só é possível dizer que a mulher entrou definitivamente na menopausa depois de ter ficado um ano sem menstruar. Após isso, os cuidados continuam com visitas anuais ao ginecologista, exames de mamografia e ecografia mamária, de coração e densitometria óssea.

Menopausa é um assunto sério e que gera muitas dúvidas nas mulheres. Mesmo quem ainda não entrou no climatério, deve consultar seu médico para passar tranquilamente por essa fase tão marcante.

Publicidade

Comente