Como se proteger das micoses

Elas são mais comuns do que se imagina. Veja como se proteger das micoses.

É difícil não encontrar alguém que pelo menos uma vez na vida não tenha sofrido com a micose. Mais comum do que se imagina, esta é uma doença de fácil tratamento mas, para que ele dê resultado, é importante atacar a micose no seu início.

Publicidade

Os fungos que se proliferam em ambientes úmidos e quentes são os causadores das micoses. As regiões mais atingidas são as dobras do corpo como axilas, virilha, abaixo dos seios, meio dos dedos de mãos e pés, unhas e até no couro cabeludo.

Se na sua pele surgirem manchas vermelhas ou brancas e que coçam, há grandes chances de ser micose. É possível ainda ocorrerem descamações. Nas unhas os sinais são diferentes. Elas podem deformar, descolar e ainda assumir um tom marrom.

O tratamento na maioria das vezes é local ou oral, mas somente quem pode dizer isto é médico. Ele irá analisar a região afetada e o tamanho que se encontra a lesão. Por isto, quanto mais cedo se procurar recursos, mais fácil será o tratamento.

Publicidade

E como impedir a micose de aparecer na sua vida? Confira:

– Não permaneça muito tempo com o biquíni molhado;
– Não ande descalço no chão úmido e público;
– Sabonetes e toalhas de banho não devem ser compartilhados com outras pessoas;
– Usar sapatos fechados abafa os pés e fazem a alegria dos fungos. Evite o quanto você puder calçados assim e quando for tirá-los, coloque no sol para arejar;
– A grama e a areia da praia oferecem grandes chances de passar micose para você. Use uma toalha ou canga para se proteger;
– Roupas sintéticas produzem abafamento. As mais indicadas são peças 100% algodão, principalmente as meias e roupas íntimas;
– Após o banho seque-se bem com a toalha. Os dedos dos pés e virilha são lugares mais difíceis de deixar sequinho. A dica é usar secador na temperatura morna ou fria nestas regiões.

Há 3 tipo de micose:

Pitiríases Versicolores: elas se apresentam na cor branca, rosa ou marrom e tem grande semelhança com confetes. Podem surgir juntas ou distantes uma da outra. É a micose de praia e os sintomas são coceira e descamação fina.

Tinhas: os pés e o couro cabeludo são as áreas mais afetadas, embora elas possam aparecer em qualquer região do corpo. As características desta micose são manchas vermelhas cuja parte de cima é escamosa e com bordas nítidas. Também são chamadas de frieiras e pés de atleta. Procure tratamento imediatamente, pois ela é contagiosa.

Onicomicoses: é o nome que se dá à micose que surge nas unhas tanto dos pés como das mãos. Preste atenção se uma ou demais unhas apresentarem semelhança a uma madeira podre. A onicomicose acomete na sua grande maioria as mulheres devido à contaminação de alicate e outros instrumentos usados na hora de fazer as unhas. Por isto a importância de ter os seus próprios acessórios. Ficar muito tempo com o esmalte, sem deixar a unha respirar, também provoca a micose.

Publicidade

Comente