Como ser educada em público

Para ser educado, não é preciso ter um manual. Mas algumas vezes passamos dos limites sem nos darmos conta. Veja como ser educada em público.

Sim, nós reparamos muito quando o colega de trabalho ou vizinho dá um show de falta de educação. Às vezes são pequenas coisas, mas jogar uma casca de banana no meio da calçada é muito feio. Para uns é pouco, mas para outros é um horror. Infelizmente, algumas vezes cometemos pequenas gafes na frente dos outros, por puro descuido.

Publicidade

Leia as dicas abaixo e veja como ser educada em público sempre.

– Sabe aquelas pessoas que adoram falar alto, chamando atenção de todo mundo? Sim, elas são muitas. É comum encontrá-las na fila do banco, na padaria, até mesmo na rua. Gritar e rir alto demais somente em ocasiões próprias, como em festas entre amigos ou então em lugares reservados. Esse tipo de comportamento é deselegante e pega mal;

– Converse no celular de forma discreta. Lembre-se quem as pessoas ao seu redor não precisam saber se você está com gripe, brigou com o namorado ou que o chefe está pegando no seu pé. Estando em algum lugar público, peça licença e retire-se para um lugar mais tranquilo. Não podendo conversar, peça para ligar mais tarde;

Publicidade

– O uso do celular também deve ser restringido durante as reuniões de trabalho e na sala de aula. No máximo, deixe no modo silencioso ou caso o assunto requeira, peça licença e saia do ambiente. Isso vale para sessões de cinema e peças de teatro;

– Ao caminhar na rua, fique atenta às outras pessoas. Não ande esbarrando nos outros e forçando passagem onde não tem. Dê preferência aos mais velhos, por terem mais dificuldade em locomover-se e, por isso, algumas vezes, interferem na nossa caminhada;

– Educação é vista nas pequenas atitudes. No trabalho ou na faculdade, cumprimente seus colegas com um “bom dia”, mesmo que seu dia não esteja lá estas coisas. Segure a porta, espere as pessoas saírem do elevador para você entrar, seja gentil para atrair gentileza de volta;

– O comportamento de um casal em público também gera comentários. Beijos e carinhos exagerados no meio da rua, restaurante ou em qualquer outro lugar público é feio e constrange os demais. Tentar resolver crises conjugais sem se importar com quem está por perto também não é nada bonito. Portanto, casais apaixonados ou não, comportem-se de forma discreta, sem apelar para baixarias ou vulgaridade. Lavação de roupa suja ou amor em excesso se resolvem entre quatro paredes;

– Ao emitir comentários sobre assuntos polêmicos, faça de maneira que não vá atingir ninguém. Educadamente, é possível conversar sobre todas as matérias sem o risco de um colega ou amigo sair ofendido. Fazer piadas que possam constranger outras pessoas e deixá-las sem graça perante os demais é de muito mau gosto. Às vezes nem nos damos conta, por isso é bom ficar sempre atento ao que a língua pode proferir;

– Tossir, assoar o nariz e espirrar em público requer cuidados. Ir ao banheiro para fazer isso nem sempre é possível. Por isso, procure ter um lenço à mão e lavá-las em seguida. Não cumprimente ninguém sem fazer isso.

Esse é o básico da boa educação. Incorpore essas dicas aos seus hábitos e faça a diferença.

Publicidade

Comente