Como trabalhar na área do turismo

Quer ingressar em uma área interessante e dinâmica? Então faça um vestibular para o curso de Turismo.

A maioria das pessoas pensa que quem trabalha na área de turismo está sempre com o pé na estrada. A realidade não é exatamente essa. A área de abrangência do turismo é ampla e conforme o local e o cargo onde se for exercer as funções, a rotina pode ficar restrita a um escritório.

Publicidade

O profissional da área – turismólogo – pode trabalhar em consultorias turísticas, planejamento de eventos bem como sua organização, fazer roteiros turísticos e atuar na gestão de empreendimentos relacionados. Há demanda também em órgãos municipais, estaduais e federais, portanto é interessante estar atento para concursos públicos do setor. Sim, alguns profissionais viajam, principalmente aqueles que trabalham em agências de turismo e fazem acompanhamentos de grupos. Mas isso nem sempre faz parte do cotidiano do turismólogo.

O curso de graduação dura em média 3 a 4 anos. As disciplinas ministradas estão relacionadas à legislação, hotelaria, gastronomia, marketing, segmentos turísticos, planejamento turístico e línguas estrangeiras. Aliás, para se dar bem na profissão, o turismólogo deve dominar outros idiomas e estar constantemente se atualizando.

O turismo vem crescendo muito no Brasil nos últimos anos e a tendência é aumentar mais ainda com os grandes eventos da Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas no Rio de Janeiro em 2016. Além disso, muitas cidades estão investindo no seu potencial turístico para fortalecer a economia e gerar mais renda. Assim as opções de emprego no setor aumentam.

Publicidade

Porém, para ser um bom profissional é preciso alguns requisitos. Veja quais são eles:

– O contato com as pessoas é freqüente. Por isso o turismólogo tem que gostar de tratar com as pessoas e estar sempre disposto a resolver os problemas que surgem. Essa é uma área que gera muitas perspectivas por parte de quem vai viajar. Falhas praticamente não são permitidas. Caso ocorra alguma, pode estragar as férias do cliente e também manchar o nome da empresa;

– Dependendo do rumo que a carreira seguir, as viagens podem ser constantes. Quem ingressa nessa área deve ter consciência que nem sempre poderá passar muito tempo com a família.

O mercado de trabalho inclui agências de turismo, consultorias, cruzeiros, serviços públicos e eventos. Apesar de o turismo estar cada vez mais presente na vida das pessoas, a profissão é reconhecida, mas não regulamentada. Por esse motivo não há piso salarial.

Para saber onde existe o curso de Turismo na sua região, consulte o site do Ministério da Educação. O endereço é www.e-mec.gov.br.

Publicidade

Comente