Como trabalhar no ramo da moda

Para trabalhar com moda é preciso estudar bastante. Conheça um pouco mais sobre essa área.

Quem gosta de moda e acha que leva jeito para isso, deve aproveitar o momento. O mercado está em alta, mas a qualificação profissional está em baixa. Há várias profissões relacionadas ao meio em que você pode investir. O salário para quem faz um curso mais rápido fica entre R$ 800 e R$ 2 mil. Já os técnicos podem faturar entre R$ 1500 e R$ 4 mil. Conheça agora as diversas áreas e veja qual tem mais a ver com seu perfil:

Publicidade

– O Estilista cria os sapatos, acessórios, bolsas, peças de roupa. Você pode abrir seu próprio negócio ou trabalhar para grifes e lojas famosas. Esse profissional deve saber desenhar, entender técnicas de modelagem e tecidos e estar sempre de olho nas novas tendências. Ou seja, o aperfeiçoamento é constante. Cursos no exterior contam pontos e valorizam ainda mais o profissional no mercado. No mundo da moda é a profissão que possui mais glamour;

– O Modelista transforma o croqui do estilista em um modelo-piloto. E não pense que é tão fácil assim seguir nessa área. O modelista precisa ter também noções de matemática e geometria para se dar bem na profissão;

– O estilista desenha e a Costureira executa a idéia baseada no modelo piloto produzido pelo modelista. A costureira trabalha muito e é essa é uma atividade que requer muita paciência e dedicação. E também é um ótimo meio de ingressar na área;

Publicidade

– A Produtora de Moda passa o dia todo correndo. Depois que o estilista cria todo seu conceito visual para alguma campanha editorial, é ela que vai atrás das lojas e locais para viabilizar toda a produção;

– O Vitrinista, antes de tudo, tem que entender de decoração e iluminação. Uma vitrine bonita e vistosa certamente irá despertar o interesse do comprador, atraindo-o para dentro da loja. Senso estético e organização são essenciais. O vitrinista geralmente é autônomo e fatura por trabalho;

– O Gerente de Produto é um profissional que precisa ter noções de mercado para se dar bem na profissão. É ele quem vai escolher quais peças serão produzidas em maior quantidade ou quais serão compradas. Liderança, dinamismo e organização completam o perfil.

Se você se interessou, confira onde fazer cursos gratuitos:

– Em São Paulo, no Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo. São oferecidos cursos técnicos na área de bordado em linha, em pedraria, crochê, corte, costura e modelagem básica. Informações junto ao site.

– No Rio de Janeiro, procure o Faetec. Os cursos são técnicos seqüenciais em produção de moda e de modelagem do vestuário. A duração é de um ano e meio.
Gostou? Então não perca mais tempo. Invista no seu futuro e ingresse nesse mercado tão promissor.

Publicidade

Comente