Como usar florais

Os florais estão cada vez mais presentes na vida das pessoas. Veja como utilizá-los.

Pessoas insones, angustiadas, estressadas e de baixa autoestima – só para citar alguns exemplos – podem encontrar nos florais uma ajuda para resolver esses problemas tão comuns atualmente. Florais são produzidos com essências de flores silvestres.

Publicidade

Tomar florais pode servir para ajudar em uma situação de momento como estresse e ansiedade ou também para um tratamento mais contínuo. Eles são preparados com 70% de água, 30% de brandy e duas gotinhas de essência. A combinação pode ser até de seis flores diferentes. No caso de crianças, animais ou pessoas que tenham intolerância ao álcool, água pura ou glicerina fazem a substituição. Mas fique atento: quando feito com água, o floral tem seu prazo de validade reduzido para uma semana apenas, enquanto o preparado com álcool tem validade por três meses. Guarde os vidrinhos em lugares afastados do sol e de aparelhos eletrônicos. Na geladeira a temperatura baixa retira a energia do floral.

Para ingerir o floral, siga as orientações do seu terapeuta. O indicado são quatro gotas, no mínimo quatro vezes por dia. Mas não é uma regra rígida. Se você sentir necessidade de tomar mais vezes, fique à vontade, mantendo-se, no entanto, com as mesmas quatro gotas por vez. Não há efeitos colaterais.

Há duas maneiras de você ingerir o floral: pingando com o conta-gotas diretamente na língua (não toque para evitar contaminação do floral) ou colocando as gotinhas em um copo com um pouco de água e beber. Ambas as formas de ingerir estão corretas. Ao guardar dentro da bolsa, cuidado o calor em excesso, o que pode afetar sua conservação.

Publicidade

Tome as gotinhas no horário em que você mesma achar conveniente. Porém, recomenda-se ingerir o floral ao acordar e antes de dormir. São nesses horários em que estamos mais sensíveis e com as vibrações mais perceptivas.

Um ciclo se inicia a cada vez que você começa a usar uma essência. Esse ciclo pode durar de entre 4 a 8 semanas, conforme a sua situação. Passado esse tempo e conforme a evolução do caso, seu terapeuta lhe orientará a mudar os florais. A essa altura do tratamento, você perceberá que as situações que lhe aborreciam já começam a ficar mais claras e a serem vistas sob outras perspectivas. Como você já percebeu, o tratamento dura meses e os resultados, duradouros.

Confira as espécies de flores recomendadas para seu tipo de emoção:

Alecrim: alivia sintomas da depressão.

Babosa: concentração e mantém afastada as preocupações.

Girassol: aumenta a autoestima

Hibisco: foco nos projetos pessoais, ajudando a concretização de desejos.

Hortênsia: aumenta o raciocínio.

Orquídea: intuição e sensibilidade.

Converse com seu terapeuta e seja mais feliz usando florais.

Publicidade

Comente