Como utilizar o cartão de crédito de forma inteligente

“Saiba como usar seu cartão da forma correta, evitando entrar em grandes dívidas”.

Ter um cartão de crédito e saber lidar com ele não é tão fácil quanto parece. A cada utilização mensal do cartão, o mínimo que se espera é pagar o que você gastou. Falamos isso porque se você não pagar o que deve, optando pelo pagamento mínimo, você não só terá que quitar o que devia no mês anterior, mas pagar o montante atual acrescido de juros, que muitas vezes são abusivos, criando o que chamamos de “bola de neve”.

Publicidade

A escolha do cartão

O primeiro passo para utilizar o cartão de crédito de forma inteligente é conhecer todas as suas responsabilidades em possuir um cartão, pensando muito bem antes de decidir e chegar a conclusão de que realmente irá necessitar dele. Ao optar, escolha com muito cuidado o seu cartão, esteja ciente de todas as taxas, seguros e opções de reembolso existentes. Compare os diferentes tipos de cartões, as diferentes bandeiras e veja se elas estão dentro da sua capacidade de pagar todas as compras integralmente.

Solicite baixas taxas de anuidades propondo a operadora que só ficará com o cartão se isso ocorrer. A maioria faz de tudo para manter você como cliente. Uma outra dica interessante é com relação ao período de carência, pois muitas operadoras cobram juros a partir de determinada data, por isso fique atento àquelas que dizem ser de graça, pois em determinado período acabam cobrando alguma taxa.

O limite de crédito é algo para se manter atento. Não abuse dele, procure limites mais baixos para que caso ocorra problemas, você tenha como quitar suas dívidas. Abuse dos benefícios e serviços que as operadoras de cartão de crédito lhe oferecem, como descontos em dinheiro e milhas de passagens aéreas, pois assim você estará tendo algum retorno pela utilização e gastos com seu cartão.

Publicidade

Não tenha muitos cartões de crédito, pois assim você pode se perder neles, não saber quanto foi gasto em cada um e acabar abusando dos que estão sem utilização.

Também procure evitar gastar mais do que você pode pagar mensalmente, deixando apenas uma porcentagem de sua renda para gastos com o cartão.

Monitore seus gastos semanalmente ou até mais. Não deixe para conferir apenas no final do mês quando receber a fatura. Suas contas podem sempre ser verificadas online, portanto entre constantemente no site da operadora e verifique o que você já gastou. Guarde todos os recibos e mantenha tudo anotado em um caderno.

É importante manter um registro preciso para caso seu cartão seja perdido ou roubado, portanto anote e deixe guardado em local seguro dentro de caso dados como: número da conta, nome do titular, número de telefone e cópia da frente e verso do cartão.

Sempre negocie as taxas de seu cartão, pergunte se não é possível diminuir valores e ao receber avisos de aumento, sempre entre em contato para saber formas alternativas de reduzir essas taxas ou optar por planos mais em conta.

Ao encerrar um cartão de crédito, peça todos os comprovantes, mantenha cópias, número de protocolos para que fique tudo bem documentado, para você tenha como provar que você optou pelo cancelamento e avisou a operadora. É muito comum casos de cobranças acumuladas pelo fato da operadora dizer que não houve avisos por parte do cliente.

Agora, se depois de todas essas dicas você perdeu o controle ou simplesmente não sabe como parar, experimente esta preciosa dica que tem salvado muitos lares por aí. Deixe o cartão de crédito em casa por uma semana. Conseguiu? Experimente deixar por um mês. Esse dinheiro de plástico é realmente essencial para sua vida? Muitas pessoas não conseguem se controlar e acabam gastando com bobagens e tomando essa pequena dica, chegará a conclusão que de fato é possível viver sem ele.

Publicidade

Comente